Katy Perry + Nicki Minaj – Swish Swish

Isso já foi dito por aqui e será repetido sempre que for preciso: Katy Perry é a profissional da indústria do entretenimento que mais sabe aproveitar o formato do videoclipe. Swish Swish, com Nicki Minaj, é mais uma prova disso.

A afirmação pouco tem a ver com o uso de atores conhecidos, a super produção, ou os diversos momentos pelos quais o clipe passa, dialogando com a cultura pop em várias cenas, mas justamente por sacar como esses elementos, sejam individualmente ou combinados, integram aquilo que seus fãs querem ver nos vídeos – e eles sempre surgem em um universo muito próprio, um bastante diferente do anterior.

Melhor ainda neste caso é, mais uma vez, sua falta de se levar a sério e dar a cara a tapa (aqui, quase literalmente) na hora de entregar um conteúdo divertido que deve integrar o imaginário coletivo do público consumidor desses produtos pelos próximos meses.

Com direção de Dave Meyers, é uma obra de pouco apelo fora da demografia desejada, mas absolutamente eficaz naquilo que se propõe. Dito isso, se o humor infantilizado que combina tão bem com o som da cantora não for para você, assistir ao vídeo até o fim, apesar de um ou outro sorriso, pode ser um desafio de paciência por conta de tantos exageros – e da participação mais nominal do que qualquer outra coisa de Nicki Minaj, que possui uma interação forjada com Katy Perry só para alguns dos fãs não perceberem que elas nem mesmo se cruzaram nas gravações.

Avaliação MP:  4/5 ★★★★☆ 

Curta mais de Katy Perry e de Nicki Minaj no Música Pavê

Shuffle

Alt-J (∆) - Fitzpleasure
A banda britânica lança mais um ótimo videoclipe para seu disco de estreia An Awesome Wave, dessa vez misturando referenciais da arte gótica com elementos contemporâneos
Local Natives - You & I
E se os cães fossem extintos da face da Terra? O clipe da música de abertura do álbum "Hummingbird" brinca com essa premissa em um misto de drama e humor absurdo
Lady Gaga - Perfect Illusion
Cantora estreia os trabalhos de seu próximo álbum na companhia de Mark Ronson, BloodPop e Kevin Parker (Tame Impala) de uma maneira muito mais humana que a monstruosidade de outrora

Curtiu? Comente!

Comments are closed.

Sobre o site

Feito para quem não se contenta apenas em ouvir a música, mas quer também vê-la, aqui você vai encontrar análises sem preconceitos e com olhar crítico sobre o relacionamento das artes visuais com o mercado fonográfico. Aprenda, informe-se e, principalmente, divirta-se – é pra isso que o Música Pavê existe.

Contato

fale@musicapave.com