Cinco Nomes para Você Conhecer em 2018

O leitor do Música Pavê está acostumado a entrar no site e ter a oportunidade de conhecer alguém novo de vez em quando. Sabendo o quanto todos curtem ouvir sons que ainda não escutaram, foi montada uma seleção diversificada de nomes que têm tudo para se tornarem cada vez mais conhecidos agora que o ano engatou de vez.

Conheça, então, cinco novos nomes selecionados pelo Música Pavê.

Bemti

Luis Bemti, que integra a banda Falso Coral, começa neste ano sua aventura solo, ainda carregando sua viola caipira. O mais interessante de sua obra é a mistura do instrumento com batidas pop, originalidade de sobra. O talento se traduz na beleza do vocal e da poética nas letras, dialogando com o ouvinte sobre amor, mas não naquela forma explícita de vocabulários rasos. Seu primeiro single, Gostar de Quem, completa um mês e ele vem com um ótimo clipe dirigido por Thais Taverna, com produção, roteiro e montagem por conta do próprio artista. O famigerado “artista completo” lançará ainda neste semestre seu primeiro álbum, intitulado de Era Dois.

O Grande Babaca

No nome, nas artes e até nas músicas vemos uma influência de Mac Demarco, e Gabriel Olivieri não nega tais raízes. O estranho é legal com O Grande Babaca, que é formada por só um babaca mesmo. O pop indie experimental é bem dançante, transparecendo em seu clipe divertidíssimo, lançado também há um mês. Vale dar uma escutada no seu primeiro EP, Ansiedade Mata, de 2016, enquanto não sai o álbum É Disso!, programado para este ano.

Benziê

A expressão artística do casal Vic e Du é batizada de Benziê e nos entrega toda uma estética amorosa, de paz, que o folk, ska, reggae e samba proporciona em suas melodias. As vozes são bem suaves e doces, tornando o som ainda mais apaixonante. Não tem como o projeto não ganhar as rádios esse ano. Seu primeiro trabalho é o EP Alucinante Demais, no qual as músicas condizem com título. Se quiser dar aquela enfeitada na sua vida com essa dica aqui é bom também pelo fato de que logo logo tem coisa nova.

El Efecto

Da lista, um dos que mais tem tempo de estrada, El Efecto está há catorze anos levando sua técnica e originalidade Brasil afora, mesclando samba com rock pesado, fazendo do grupo quase que uma orquestra, com vários elementos e tempo extenso em algumas músicas. Suas letras sempre abordam uma temática crítica à política, e não foi diferente com o recente lançamento desta semana, O Drama da Humana Manada, que dialoga sobre a exploração do trabalho, um dos temas que estará no álbum Memória do Fogo. Para quem gosta de letras bem escritas que exercem a função de passar uma mensagem, essa é uma ótima dica, te dará vontade de dançar como no samba, vociferando os versos.

Consuelo

A melodia folk latina tem ganhado o Brasil nos últimos, e Francisco, El Hombre é o maior exemplo disso. Agora, temos mais um grande nome nessa área, trazendo o feminismo com uma filosofia certeira com Consuelo, alter ego de Cláudia Daibert, artista experiente na cena musical brasileira, tendo passado pelos projetos As Minas do Rei Salomão, Trio Perfumado, Toró de Palpite e Cachorro das Cachorras. Ah, Brasília sempre mostra ao mundo coisas maravilhosas na música não? Consuelo não é só a cantora, como vem como um supergrupo com nomes como João Ferreira (Natiruts) no violão, Esdras Nogueira (Móveis Coloniais de Acaju) nos sopros, Vavá Afiouni no baixo, Marcus Morares e Thiago Cunha (todos esses da banda Passo Largo). Até chegar o álbum, que será lançado no segundo semestre, você pode dançar ao som do EP homônimo de 2016, e do deliciosíssimo Ao Vivo na Mata.

Shuffle

Curtiu? Comente!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Sobre o site

Feito para quem não se contenta apenas em ouvir a música, mas quer também vê-la, aqui você vai encontrar análises sem preconceitos e com olhar crítico sobre o relacionamento das artes visuais com o mercado fonográfico. Aprenda, informe-se e, principalmente, divirta-se – é pra isso que o Música Pavê existe.

Contato

fale@musicapave.com