Sobre elefantes e melancolias

Poucos artistas são tão admirados e temidos no mundo da música quanto o irlandês Damien Rice. Preferido de 9 entre 10 amantes de pop folk, a intensidade de suas letras e interpretação causam aversão aos  que preferem canções mais leves e fogem do potencial depressivo da choradeira em potencial que suas músicas podem causar.

A arte que acompanha seus discos e pôsteres para shows investe em uma pegada um pouco mais leve, talvez justamente para não assustar o público. Ainda assim, seguem tanto a simplicidade do folk, quanto a melancolia do músico, representando seus temas recorrentes, como o elefante (símbolo para a memória que não se perde, quanto uma figura de linguagem comum na língua inglesa para algo desconfortável), solidão e relacionamentos partidos.

Os desenhos e pinturas são feitos por diversos artistas, como Karl Toomey e o próprio Damien e Lisa Hannigan. Coletei algumas obras pela web e as reuni nesta galeria aqui embaixo, incluindo capas de singles. Uma boa dica é dar play nos vídeos que tem logo depois e voltar pra perceber nuances da música em cada um dos trabalhos – como o paralelo da linha simples com a corda do violão ou na intensidade das composições de cores que traduzem a força dos versos. Sério, vale a pena viajar assim.

Cannonball

9 Crimes

Shuffle

A língua mais famosa do Rock
Há 40 anos, a Tongue and Lip é a marca registrada dos Rolling Stones
Mais Ensaios Fotográficos com Cantoras
Madonna, Rihanna, Nicki Minaj, Katy Perry e Lady Gaga estrelaram editoriais em revistas especializadas, trabalhos inspiradores para quem curte fotos e pros fãs das divas
Lisa Hannigan - Snow
Víideo em preto e branco traz a cantora em um cenário composto por lâmpadas acesas penduradas do teto ao chão, como se flocos de neve rodeassem a cantora irlandesa

Curtiu? Comente!

2 Comments on “Sobre elefantes e melancolias

  1. Pingback: Lisa Hannigan – Knots | Música Pavê

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Sobre o site

Feito para quem não se contenta apenas em ouvir a música, mas quer também vê-la, aqui você vai encontrar análises sem preconceitos e com olhar crítico sobre o relacionamento das artes visuais com o mercado fonográfico. Aprenda, informe-se e, principalmente, divirta-se – é pra isso que o Música Pavê existe.

Contato

fale@musicapave.com