Maroon 5 + Future – Cold

É engraçado notar como Maroon 5 ficou em cima do muro na hora que decidiu fazer um videoclipe que mostre Adam Levine sob efeitos de drogas. Primeiro por deixar claro que ele não usou a substância por vontade própria, precisando da interferência de alguém mais desencanado quanto ao tema (no caso, o rapper Future), e também porque, por mais confuso que ele esteja, em momento algum ele diz não ter gostado da experiência – embora a narrativa faça questão de frisar que ele nem mesmo queria ir ao evento, para isentá-lo de qualquer culpa.

Tal ambientação foi um prato cheio para o clipe, dirigido por Rich Lee, explorar visualmente, e com grande liberdade, várias ideias absurdas, amparadas por efeitos visuais ou por elementos em cena, como um casamento embaixo d’água.

Não é nada inédito ver um tema desses sendo tratado (ainda mais com tanta cautela) pelo mainstream. O que fica em Cold, porém, é a grandiosidade da produção em um roteiro bobinho, muito didático – inseguro, até -, sem que se justifique a decisão de produzir um clipe desses.

Avaliação MP:  3.5/5 ★★★½☆ 

Curta mais de Maroon 5 e de Future no Música Pavê

Shuffle

Cinco Capas de Disco Marcantes de 2013
Muitas foram as boas artes feitas para álbuns durante todo o ano, mas algumas delas conseguiram nos chamar ainda mais a atenção do que as outras. Veja nossa seleção
Fatboy Slim - Eparrei
Com a ajuda de Diplo, Bonde do Rolê e Pin Bönner (Tipo Uísque), Norman Cook divulga seu trabalho feito em homenagem ao país que sedia a Copa do Mundo de 2014, o disco "Bem Brasil"
Oh Wonder - Lose It
Produzido pela própria banda britânica, vídeo convida cinco dançarinos para um teste para o papel do clipe sem que eles soubessem que ele já estava sendo rodado ali mesmo

Curtiu? Comente!

Comments are closed.

Sobre o site

Feito para quem não se contenta apenas em ouvir a música, mas quer também vê-la, aqui você vai encontrar análises sem preconceitos e com olhar crítico sobre o relacionamento das artes visuais com o mercado fonográfico. Aprenda, informe-se e, principalmente, divirta-se – é pra isso que o Música Pavê existe.