Linkin Park – Lost in the Echo

Tenho que confessor: morro de preguiça de clipes interativos. Acho que o único que me cativou de verdade foi o do Arcade Fire, que usou o Google Maps. O motivo da implicância? Geralmente, eles usam uma tecnologia de ponta, prometem algo fantástico, mas o resultado é apenas tosco.

O clipe de Lost in the Echo é um grande exemplo do que acabo de falar. O segundo single de Living Things não é de todo mal como música: segue o estilo do Linkin Park, que mistura batidas eletrônicas com os gritos de Chester Bennington.

O clipe da música tem duas versões: na do YouTube, que você vê abaixo, as fotos são pretas. O vídeo é ambientado em um futuro apocalíptico (quantas e quantas vezes você já ouviu esta expressão em sinopses de filmes, séries, desenhos e clipes?), no qual não existem fotografias. Os últimos modelos são entregues para algumas pessoas e elas veem ali o que nunca quiserem enxergar.

As locações são bonitas, e a produção é bem feita. É uma pena que a versão interativa do clipe, que pode ser vista no site do Linkin Park, acabe com toda a graça do vídeo. O site se conecta a conta do Facebook da pessoa e utiliza as fotos dos amigos para serem as fotos do clipe.

Fica um pouco difícil achar o clipe emotivo e pesado, como sugere a música e a mega produção, quando os personagens se desesperam com uma foto de um guarda-chuva amarelo, ou então daquele seu amigo mala ganhando uma competição de spinning. Até os membros da banda perceberam isso um pouco antes de Lost in the Echo ser lançado: Mike Shinoda assumiu que caiu na gargalhada quando uma das mulheres do clipe começou a chorar com a foto de um filhote de cachorro.

Se não fosse este pequeno grande detalhe, o clipe seria bom, mas ainda um pouco assustador. Não à toa, Lost in the Echo foi codirigido por Jason Zada e Jason Nickel – a dupla é responsável pelo curta de “terror” Take This Lollipop (que usa a conexão com o Facebook de maneira exemplar).

Que sirva de exemplo do que não se deve fazer com a tal interatividade.

Avaliação MP:  2/5 ★★☆☆☆ 

Curta mais de Linkin Park no Música Pavê

Shuffle

Arctic Monkeys - The Hellcat Spangled Shalalala
A vibe anos 70 do som da banda fica ainda mais clara neste clipe
Two Door Cinema Club - Handshake
Os músicos da banda irlandesa se transformam em bolas de boliche neste divertido videoclipe para uma das faixas mais legais de seu segundo álbum, "Beacon"
Charlotte Gainsbourg - I'm a Lie
Cantora traduz a tensão natural da música em um vídeo intenso com cortes abruptos e velocidades alteradas que, mesmo eficazes na comunicação, são bastante familiares ao formato

Curtiu? Comente!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Sobre o site

Feito para quem não se contenta apenas em ouvir a música, mas quer também vê-la, aqui você vai encontrar análises sem preconceitos e com olhar crítico sobre o relacionamento das artes visuais com o mercado fonográfico. Aprenda, informe-se e, principalmente, divirta-se – é pra isso que o Música Pavê existe.

Contato

fale@musicapave.com