Kylie Minogue – Timebomb

“Impressionante” é um dos termos que facilmente vem à mente ao terminar de assistir Timebomb, o vídeo que Christian Larson fez para Kylie Minogue. Nos três dias entre seu lançamento e esta resenha, vi muitas pessoas o compartilhando pelas redes sociais e muitas manchetes em sites de música pop, todos comentando como a quarentona estava em forma e como ela ainda sabe encantar com seu som dançante e tal. Achei que era só hype e não dei muita bola para o clipe até agora.

A verdade é que a obra é um interessante exercício de formatos. Não é sempre que um videoclipe experimenta visualmente e o áudio o acompanha, como neste. Várias lentes e câmeras foram usadas para mostrar a cantora passando por diversos cenários em Londres, e muitas dessas cenas brincam também com o formato sonoro, mostrando o entendimento que Larson tem do que é “audiovisual”.

A história é o de menos: Kylie está no estúdio, depois na rua, há uma perseguiçãozinha e tal. Enfim, o que importa é o mérito desta produção de não se contentar em apenas mostrar uma artista linda e carismática, mas apresentar uma obra completa em seus tantos detalhes. Os planos dela dançando com a projeção da cidade lembram o Ray of Light de Madonna, enquanto a sequência dos óculos lembra remete a tantos outros, como o Countdown de Beyoncé – dois videoclipes excelentes e icônicos que Timebomb consegue, no mínimo, se igualar (ou mesmo superar). 5 estrelas.

Avaliação MP:  5/5 ★★★★★ 

Curta mais de Kylie Minogue no Música Pavê

Shuffle

The Maccabees - Ayla
Um passeio de bicicleta por uma paisagem campestre é apresentado de uma maneira que brinca com a linguagem de vídeo, nos relembrando que um clipe não mostra a realidade naturalmente
Emicida - Madagascar
Rapper interpreta personagem que trabalha em um supermercado após passar a noite trabalhando em sua arte, o que gera sonhos com o teor romântico da letra da música
Emicida + Caetano Veloso - Baiana
Passagem do rapper por Salvador para um show gerou vídeo co-dirigido por ele mesmo que traz o carisma da atriz Ayana Amorim no papel da musa descrita pelo eu-lírico na canção

Curtiu? Comente!

5 Comments on “Kylie Minogue – Timebomb

  1. Realmente, é muito nítido o circuito de referências. Mas apesar disso, não acredito que tenha sido intencional, sendo que o objetivo final era, realmente surpreender. Ponto pra Kylie. Ou 5 hehehe

    .

  2. Pingback: Noel Gallagher – Everybody’s on the Run : Música Pavê

  3. Pingback: O Melhor Clipe de 2012 (até agora) : Música Pavê

  4. Pingback: Vote: O Melhor Clipe de 2012 (Até Agora!) : Música Pavê

  5. Pingback: Kylie Minogue – Flower : Música Pavê

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Sobre o site

Feito para quem não se contenta apenas em ouvir a música, mas quer também vê-la, aqui você vai encontrar análises sem preconceitos e com olhar crítico sobre o relacionamento das artes visuais com o mercado fonográfico. Aprenda, informe-se e, principalmente, divirta-se – é pra isso que o Música Pavê existe.

Contato

fale@musicapave.com