Cloud Nothings – Up to the Surface

Na semana em que acontece a Gamescom – a maior feira de games do mundo, na Alemanha -, Cloud Nothings lançou um videoclipe que mais parece o trailer de algum jogo, como tantos outros apresentados ao público dessa indústria nos últimos dias.

Up to the Surface, uma animação em preto e branca feita por computação gráfica, mostra um futuro distópico habitado por robôs que se portam como humanos (e até animais), sem um enredo muito bem definido.

É um trabalho bonito na direção de arte, mas corre o risco de passar desapercebido, até por não envolver o espectador com uma boa história, principalmente por quem tem acompanhado os tantos vídeos que inundaram a Rede na semana. Em outras palavras, é uma boa obra, mas não necessariamente um excelente lançamento como clipe (pela estrutura e pelo timing).

A direção é do renomado grupo de artes gráficas Aujik.

Avaliação MP:  3.5/5 ★★★½☆ 

Curta mais de Cloud Nothings no Música Pavê

Shuffle

Helio Flanders - De Onde Você Vem?
Para ilustrar a primeira faixa de seu trabalho solo em paralelo à banda Vanguart, cantor convoca Ricardo Spencer para comandar um vídeo que dá o tom de drama pessoal do álbum
Zhu + AlunaGeorge - Automatic
Seguindo a progressão da música, vídeo cria suspense e sabe prender a atenção do espectador sem estabelecer uma narrativa de ligação óbvia com a faixa, o que gerou resultado surpreendente
Lisa Hannigan - Undertow
Cantora investiu na beleza das imagens sob um formato que pode não ser original, mas soube valorizar bastante a canção ao acompanhar seu ritmo

Curtiu? Comente!

Comments are closed.

Sobre o site

Feito para quem não se contenta apenas em ouvir a música, mas quer também vê-la, aqui você vai encontrar análises sem preconceitos e com olhar crítico sobre o relacionamento das artes visuais com o mercado fonográfico. Aprenda, informe-se e, principalmente, divirta-se – é pra isso que o Música Pavê existe.

Contato

fale@musicapave.com