Cícero – Ponto Cego

O centro do Rio de Janeiro parou por uma tarde para assistir ao flashmob de fãs do Cícero para a gravação do clipe Ponto Cego. O pessoal foi recrutado pelas redes sociais e aceitou participar “brincando de estátua” com guarda-chuvas vermelhos em meio à multidão.

Em uma música sobre indiferença (“quem se importa? É sexta-feira, amor”), foi a maneira das pessoas serem notadas em um espaço onde o convívio passa desapercebido. Além dos fãs, atores interpretam personagens com pequenas ações ao longo do clipe, com muitos detalhes em vermelho (que também nos ajuda a percebê-los), e a produção dialoga com Tempo de Pipa, trazendo novamente a atriz Letícia Colin como a mesma personagem.

É uma maneira legal de criar uma obra poética que tem tudo a ver com as letras cotidianas do disco Canções de Apartamento. A direção é de Carol Vilares.

Avaliação MP:  3.5/5 ★★★½☆ 

Curta mais de Cícero no Música Pavê

Shuffle

Non Tiq - Quiet
Com uma fotografia muito interessante, clipe dessa cantora sueca varia entre os tons claros com tintas em cores apacas e o escuro com tinta fluorescente, criando um efeito bem bonito. Conheça o trabalho dela e de outros artistas da Playground Music
Flying Lotus - Coronus, The Terminator
Músico continua a temática de seu álbum "You're Dead" ao mostrar o momento em que um homem falece, quando já alterna entre esta nosas e uma outra realidade
The Mozões - Fique de Boa
Com imagens em VHS feitas pela própria banda, vídeo traduz o clima da canção para o formato vídeo ao mostrar os integrantes do coletivo alagoano/pernambucano em momentos "de boa"

Curtiu? Comente!

2 Comments on “Cícero – Ponto Cego

  1. Existe duas vidas, uma pré Cícero e outra pós Cícero. rsrs. É épico!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Sobre o site

Feito para quem não se contenta apenas em ouvir a música, mas quer também vê-la, aqui você vai encontrar análises sem preconceitos e com olhar crítico sobre o relacionamento das artes visuais com o mercado fonográfico. Aprenda, informe-se e, principalmente, divirta-se – é pra isso que o Música Pavê existe.