Apanhador Só – Rota

apanhador-so-rota

Vez e outra, este argumento aparece por aqui, e vai continuar aparecendo enquanto for relevante. Alguns vídeos nos relembram que, em meio a produções que ou precisam ser grandiosas, ou optam por um básico dentro da zona de conforto, aparecem alguns clipes que nos relembram que a criatividade triunfa na simplicidade.

Rota foi gravado por Daniel de Bem durante passagem da banda Apanhador Só em Fortaleza. Ele traz imagens dos músicos na praia e no show, assim como um pouco do pessoal que estava nos locais, todo gravado em uma brincadeira meio experimental de interferência na lente.

Há uma boa dinâmica na montagem, que traz ainda uma pequena surpresa no clímax da música – o que faz o espectador perceber que não se trata apenas de uma colagem de cenas (como costumam ser os clipes de turnê), mas de algo devidamente roteirizado quando pensado em videoclipe.

E, mais uma vez, somos brindados com uma produção de baixo (ou melhor, baixíssimo) orçamento muito superior à média que insiste em apostar na segurança do convencional.

(Atualização: Segundo a banda, o clipe foi gravado com o celular acoplado a um binóculo, o que só reforça ainda mais as ideias desta resenha)

Avaliação MP:  3.5/5 ★★★½☆ 

Curta mais de Apanhador Só no Música Pavê

Shuffle

Bomba Estereo - Ponte Bomb
Com sampler do sucesso Pump Up the Jam, de 1989, grupo faz clipe com referências ao mau-gosto daquela época - principalmente a conotação sexual dos programas infantis
Fall Out Boy - My Songs Know What You Did in the Dark (Light Em Up)
Com ajuda do rapper 2 Chainz, banda anuncia seu retorno às atividades após três anos sem nada novo e promete manter acesa a chama do rock
Blur - I Broadcast
Com imagens compiladas de fãs ao redor do mundo que mesclam diversas referências à banda britânica, Damon Albarn e companhia dão mais um videoclipe ao álbum "The Magic Whip"

Curtiu? Comente!

Comments are closed.

Sobre o site

Feito para quem não se contenta apenas em ouvir a música, mas quer também vê-la, aqui você vai encontrar análises sem preconceitos e com olhar crítico sobre o relacionamento das artes visuais com o mercado fonográfico. Aprenda, informe-se e, principalmente, divirta-se – é pra isso que o Música Pavê existe.