Agridoce – 130 Anos

A bordo de um carrão antigo, Pitty e Martin – a dupla Agridoce – entra em fuga pelas estradas do interior brasileiro no clipe 130 Anos.

Quem comandou a aventura foi o diretor Ricardo Spencer, que armou sua câmera em uma grande diversidade de ângulos e lentes para os seguir, inclusive em quadros em que toda a imagem está congelada, com exceção de um só elemento.

A história fica meio incerta, já que nada é muito explicado sobre os motivos dos dois estarem fugindo, mas ficam as brincadeiras da câmera e o disfarce da cantora com uma peruca loira, além de alguns cenários interessantes, que dão fôlego para a obra.

Avaliação MP:  3/5 ★★★☆☆ 

Curta mais de Agridoce no Música Pavê

Shuffle

Pato Fu - Cego Para as Cores
Banda promove seu novo álbum, "Não Pare pra Pensar", com dois videoclipes lançados de uma só vez, sendo que este ganhou também uma versão interativa em seu site
Kurt Vile - Pretty Pimpin
Músico interpreta a canção enquanto contracena consigo mesmo em um videoclipe que consegue não só traduzir a música, mas também criar um registro do seu tempo e espaço
Silva - Beija Eu
Continuando o mesmo espírito de intimidade compartilhada de "Feliz e Ponto", cantor reúne grande elenco para traduzir de maneira direta o título e o refrão de Marisa Monte

Curtiu? Comente!

One Comment on “Agridoce – 130 Anos

  1. O motivo da “fuga” seria a busca por algo diferente, sem comodismo e sem pensar no futuro. Assim como foi o projeto Agridoce, arriscaram algo totalmente oposto à banda de rock.

    Quanto ao cenário, o disco inteiro do Agridoce foi produzido na casa em que eles se acomodam no final do clipe, e especificamente esta música foi composta na beira da piscina da casa. Ou seja, o clipe termina onde tudo começou.

    Ao meu ver, é uma narrativa da essência do projeto Agridoce, passando por temas como o comodismo, tempo e coragem para arriscar.

    Belo clipe e belo projeto.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Sobre o site

Feito para quem não se contenta apenas em ouvir a música, mas quer também vê-la, aqui você vai encontrar análises sem preconceitos e com olhar crítico sobre o relacionamento das artes visuais com o mercado fonográfico. Aprenda, informe-se e, principalmente, divirta-se – é pra isso que o Música Pavê existe.

Contato

fale@musicapave.com