Novas Faixas: Dingo Bells, Wasadog e Vivendo do Ócio

Boas notícias para quem curte o rock, o indie e seus derivados feitos no Brasil hoje, com três grandes bandas apresentando seus sons mais recentes. E a temporada de novidades de todas elas ainda está só começando.

Tudo Vai Mudar

O trio Dingo Bells lança o segundo single que estará no álbum homônimo a esse single, Tudo Vai Mudar (Independente/Natura Musical), que poderemos ouvir inteirinho já no dia 30 de Março. Para agora, temos esse lyric video da faixa, dirigido por Lucas Tergolina com registros de uma super 8 na sua infância (combinando bem com a música), editado por Rodrigo Marron e produzido por Marcelo Fruet. A faixa em si vem de uma forma gostosa e dançante com um tema delicado, a forma como eles conversam com a melodia é o que tira essa melancolia que poderia ter no som. O álbum vai ter mais disso da faixa, conceitos existenciais, tormentos sociais e outras coisas que cabem no ser humano, tudo feito de forma power pop para nos divertimos.

Messin’ with Me

Recentemente, noticiamos a mudança de nome The Moondogs para Wasadog, e a banda lança agora o primeiro single que integra um álbum previsto para sair neste ano. O que podemos ver nesse som é ainda o clima setentista, porém com um pouco mais de psicodelia, e o riff marcante ainda se faz presente também na obra da banda. Abaixo, temos um lyric video para faixa, tão psicodélico quanto o som. Depois, é só aguardar o próximo single, que sairá ainda neste mês de março.

Expurgo

O primeiro single que Vivendo do Ócio lança pós-Selva Mundo (2015) já está em todas as plataformas de streaming: Expurgo foi feito em parceria com uma parceria com Adalberto Rabelo (O Judas), Fábio Cascadura (Cascadura) e Thadeu Meneghini (Vespas Mandarinas). Nele, ainda podemos ouvir a raiz da banda que conhecemos, com riffs bem trabalhados, tempo mínimo corrido, aquela porrada no som e letra política.

Curta mais de: Dingo Bells | Wasadog | Vivendo do Ócio

Shuffle

Curtiu? Comente!

Comments are closed.

Sobre o site

Feito para quem não se contenta apenas em ouvir a música, mas quer também vê-la, aqui você vai encontrar análises sem preconceitos e com olhar crítico sobre o relacionamento das artes visuais com o mercado fonográfico. Aprenda, informe-se e, principalmente, divirta-se – é pra isso que o Música Pavê existe.

Contato

fale@musicapave.com