Grammy Awards 2018: Bruno Mars e os demais premiados da noite

foto de matt sayles/invision/ap/rex/shutterstock

É 2018 e as pessoas ainda prestam atenção em premiações como Grammy Awards – um evento ambíguo que fica em cima do muro entre escolher os destaques do mercado fonográfico por índices técnicos e aquele concurso de popularidade que tão bem conhecemos em Hollywood. Enquanto grandes empresas investem na publicidade para seus artistas, o público, sem muito conhecimento dos parâmetros para o julgamento, é bombardeado com as informações sobre quem é “melhor” nesse meio.

Se as qualidades de produção e gravação não são critérios fáceis do público médio entender, o fator “fama” é difícil de ser questionado, e é por isso que ver Bruno Mars como o grande vencedor da noite pode até gerar em alguns aquela decepção, mas nunca uma surpresa. Ele levou para a casa as estátuas de Álbum do Ano, Gravação do Ano (24K Magic), Canção do Ano (That’s What I Like), Melhor Performance de R&B, Melhor Canção de R&B (ambos pela mesma faixa), Melhor Álbum de R&B e Melhor Engenharia em Disco de Música Popular.

Kendrick Lamar foi o outro destaque da noite, já que ficou com os de Melhor Performance de Rap (HUMBLE), Melhor Performance Rap e Cantada (LOYALTY), Melhor Canção de Rap, Melhor Clipe (ambos por HUMBLE) e Melhor Álbum de Rap.

Os demais laureados incluem Ed Sheeran (Melhor Performance Solo de Pop, por Shape of You e Melhor Álbum Pop por Divide), LCD Soundsystem (Melhor Gravação de Dance, por Tonite), Foo Fighters (Melhor Canção de Rock, por Run), The National (Melhor Álbum de Música Alternativa), Childish Gambino (Melhor Performance de R&B Tradicional, por Redbone), Alessia Cara (Melhor Artista Novo) e The Weeknd (Melhor Álbum de Música Urbana Contemporânea).

Novamente, é difícil levar a sério argumentos de “justo” ou “injusto”, “merecido” ou “imerecido” quando os parâmetros não são tão bem definidos, muito menos as motivações dos votantes, mas a popularidade de um evento hollywoodiano será mantida por ainda muito tempo, visto o tamanho do investimento nele. Você pode ver a lista completa no site oficial dos prêmios Grammy.

Shuffle

Mark Ronson + Bruno Mars - Uptown Funk
Parceria entre os músicos nos deixam ainda mais ansiosos para o disco "Uptown Special" com este clipe que viaja a décadas atrás com bom humor e muito groove
Bruno Mars - That’s What I Like
Músico opta pelo narcisismo de carregar nas costas quase todo o vídeo, apesar de algumas interferências em animação, e mostra que foi a escolha certa
Cinco Grandes Hits de 2017
Você pode até não gostar delas, mas provavelmente sabe cantar pelo menos o refrão dessas músicas, que tocaram à exaustão durante o ano dialogaram muito bem com a cultura pop

Curtiu? Comente!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Sobre o site

Feito para quem não se contenta apenas em ouvir a música, mas quer também vê-la, aqui você vai encontrar análises sem preconceitos e com olhar crítico sobre o relacionamento das artes visuais com o mercado fonográfico. Aprenda, informe-se e, principalmente, divirta-se – é pra isso que o Música Pavê existe.

Contato

fale@musicapave.com