Conheça: Duda Beat

foto por renato galvão

Apenas dois anos atrás, Duda Beat começou a rascunhar sua obra. Nesta semana, mostrou ao público uma mostra audiovisual: A faixa Bixinho, cujo clipe mostra a cantora vivendo um novo amor, daqueles que começa com uma simples troca de olhar no ônibus, tudo muito leve e de uma beleza ímpar como a sonoridade da mesma.

A pernambucana radicada no Rio de Janeiro apresenta seu trabalho dessa forma romântica, banhada nos estilos tecnobrega, indie e axé com letras distantes de clichês, como podemos perceber tanto nesta faixa lançada, como na já conhecida Derretendo.

Uma fórmula usada pela artista – e que nunca falha – é a do sofrimento por relacionamentos amorosos, porém ela acrescenta a fase do amadurecimento e do amor próprio, tudo isso aliada com seu parceiro Tomás Tróia, que participou no processo de conceber o primeiro disco de Duda. Juntando festa e arte, o álbum de estreia será lançado em 27 de Abril e foi produzido por Lux Ferreira e a figura carimbada nesse site Patrick Laplan. A mixagem ficou por conta de Diogo Strausz e Pedro Garcia.

Nos dias que antecedem o lançamento, o leitor pode matar a vontade de ouvir mais desta voz solar em alguns registros ao vivo como no CoLAB RECords ou na Casa Ipanema, uma de suas muitas performances artísticas que rompem com a morna normalidade, seja pelo figurino ou pela presença, qualidades que só grandes nomes do pop nos proporciona.

Shuffle

Curtiu? Comente!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Sobre o site

Feito para quem não se contenta apenas em ouvir a música, mas quer também vê-la, aqui você vai encontrar análises sem preconceitos e com olhar crítico sobre o relacionamento das artes visuais com o mercado fonográfico. Aprenda, informe-se e, principalmente, divirta-se – é pra isso que o Música Pavê existe.

Contato

fale@musicapave.com