Pedro Pastoriz: “Bora fazer uma baita noite”

“O show é muito uma parceria do artista com o público, então bora fazer uma baita noite”, disse Pedro Pastoriz ao Música Pavê sobre o que planeja para a noite do dia 18 de fevereiro, quando se apresenta no palco da Funhouse.

O gaúcho dá suas caras aqui pelo site já há muitos anos principalmente por seu trabalho na banda Mustache e os Apaches, que começou a tocar nas ruas e ganhou o país e além com suas músicas. “Já estamos indo pro terceiro disco”, conta ele sobre o grupo, “já tentamos muita coisa e já temos uma identidade mais formada dentro disso. Mas é natural querer experimentar outras coisas, tocar com outros músicos. E são universos bem diferentes, acho que esse meu show é bem sobre contar histórias e buscar ritmos novos pra isso”.

Seu lançamento mais recente foi Projeções, lançado pelo selo paulistano Risco. “O show é sobre brincar com o imaginário que se cria ali nesse objeto disco/álbum”, revela Pedro, “durante a turnê desse trabalho é que a gente redescobre as músicas, acerta alguns timings, muda tom de algumas músicas, alonga os momentos certos”. “Gosto dessa parte de mexer bastante”, conclui.

Sua apresentação na noite do dia 18, no aquecimento da festa Houdini pela programação curada pelo Música Pavê na casa de shows, mostrará a maturidade de suas canções desde o lançamento do disco e de Pedro Pastoriz como artista no palco.

O ingresso a dez reais vale como VIP para a festa. Confirme sua presença na página do evento no Facebook e convide os amigos. Mais informações abaixo, após o banner.

Música Pavê Apresenta Pedro Pastoriz na Funhouse

Data: 18 de fevereiro
Horário: Casa abre às 20h, show pontualmente às 22h
Ingresso: Dez reais (couvert artístico pago na saída)
Endereço: Rua Bela Cintra, 567 (Metrô Paulista/Consolação)
Classificação etária: 18 anos
Evento no Facebook: link

Shuffle

Mustache e os Apaches - Nega Lilu
Quinteto deixa as excentricidades de lado e convida belas mulheres para viverem a Lilu do título da faixa em um videoclipe com imagens bonitas gravadas em estúdio
Mustache e os Apaches: Vamos pra Rua
Quatro gaúchos e um mineiro começaram a carreira pelas calçadas de São Paulo e conquistaram seu espaço, tocando até em novela, sem perder suas raízes
2016 Resumido pelos Músicos
Chegou a hora de descobrir quem que os artistas que escutamos mais ouviram durante o ano, assim como eles enxergam a relevância desses discos

Curtiu? Comente!

Comments are closed.

Sobre o site

Feito para quem não se contenta apenas em ouvir a música, mas quer também vê-la, aqui você vai encontrar análises sem preconceitos e com olhar crítico sobre o relacionamento das artes visuais com o mercado fonográfico. Aprenda, informe-se e, principalmente, divirta-se – é pra isso que o Música Pavê existe.