“Vem”: Mallu Magalhães faz turnê sob medida para os fãs

“Essas músicas significam tanto aqui”: São Paulo viu Mallu Magalhães fazer apresentação única da turnê do disco Vem no sábado, 26 de agosto, em um Tom Brasil bastante cheio para saudar a paulistana, hoje residente em Lisboa, em uma de suas raras aparições por aqui. Acompanhada de banda completa a cantora cumpriu os dois objetivos aparentes da noite: Apresentar as novas músicas e satisfazer as expectativas dos fãs.

Em um repertório que, além do novo álbum, trazia sucessos de PitangaBanda do Mar e até uma versão para O Terno (Culpa), duas questões ficaram claras. A primeira é o quanto as canções recentes exploram um lado interpretativo inédito em sua discografia, uma estética expansiva revelada logo na abertura, com a sequência Pelo TelefoneCulpa do Amor, e percebida em diversas músicas, como Será Que um DiaSão Paulo (essa última, a maior surpresa e, provavelmente, o melhor momento de toda a noite). Mallu domina o palco, canta com bastante ar e promove uma experiência bastante diferente da que víamos em seus shows.

Por outro lado, o jeito mais tranquilo de cantar e trabalhar suas composições não ficou de fora da noite, que teve Sambinha BomCenaOlha Só, Moreno (essa última em voz e violão, com a cantora sozinha no palco) todas devidamente comemoradas pelo público. Se há algo que o repertório anterior a Vem, incluindo as canções com Banda do Mar, mostra hoje é a força que essas faixas possuem junto aos fãs, todas com grande carga de “hit”, em especial Velha e LoucaMais Ninguém. O que ficou claro também foi como Você Não PrestaVai e Vem estão prontas para dividir espaço com essas todas nas listas de grandes sucessos da artista.

No decorrer da noite, a cantora decidiu falar mais entre as músicas, após ter declarado que diria pouco no risco de ser repetitiva ao expressar sua gratidão a todos ali. “Enfim, obrigada”, brincou ao público que respondia no mesmo nível de agradecimento entre palmas, declarações de amor e os muitos sorrisos causados tanto pelas canções, quanto pela personalidade de Mallu no palco – sempre cheia de graça, carinho e autenticidade. Vem é o nome do disco, e “vem” é também o pedido dos fãs, no sentido de “volte mais vezes”, visto que uma vez por ano, em uma casa grandiosa com ingressos não lá muito acessíveis, é pouco para receber as novas e as velhas músicas de uma Mallu Magalhães em sua melhor época até agora.

Curta mais de Mallu Magalhães no Música Pavê

Shuffle

Temporada de Cantoras na Moda
Rihanna,Azealia Banks, Lady Gaga, Kylie Minogue, Florence Welch e Gwen Stefani foram algumas das artistas que estrelaram revistas internacionais nos últimos meses
Phoenix - Entertainment
Em uma viagem ao passado e presente da cultura coreana, o primeiro vídeo retirado do álbum "Bankrupt!" confunde o espectafor, mas consegue cumprir o seu papel de divertir e divulgar
Capa x Clipe
Às vezes, as artes que acompanham os álbuns inspiram também os videoclipes. Veja uma coleção de momentos em que as capas parecem ganhar vida nas telas

Curtiu? Comente!

Comments are closed.

Sobre o site

Feito para quem não se contenta apenas em ouvir a música, mas quer também vê-la, aqui você vai encontrar análises sem preconceitos e com olhar crítico sobre o relacionamento das artes visuais com o mercado fonográfico. Aprenda, informe-se e, principalmente, divirta-se – é pra isso que o Música Pavê existe.

Contato

fale@musicapave.com