Temples e o Disco Mais Legal da Temporada

temples

Se tem um disco que eu e muitos ao meu redor não conseguimos parar de ouvir é Sun Structures, trabalho de estreia da banda britânica Temples. Não que ele seja necessariamente “o melhor”, mas é – de longe  – o mais divertido.

O álbum reúne doze faixas (nenhuma é ruim) que devem agradar quem curte um rock mais psicodélico, aos moldes de Tame Impala e Boogarins, ainda que em uma pegada bem mais leve que o desses dois grupos. Porém, isso pouco importa assim que você dá o play e sai dançando pela casa, pela rua, ou pela vida com hits como Mesmerise.

Se alguém disser que parece The Beatles também está corretíssimo. E se essa falta de uma identidade muito própria (ou a vontade de fazer um som semelhante a tanta coisa boa que ouvimos) não nos deixa levar a banda tão a sério, sua capacidade de fazer hits confere todos os pontos positivos a seu favor.

Sun Structures traz um musicão atrás do outro, a começar pela introdução com Shelter Song, passando pela melodia divertida da faixa-título e chegando na ótima The Golden Throne, para desembocar na dobradinha de singles Keep in the DarkMesmerise. Daí pra frente, as canções podem não ter o fator “hit” das anteriores, mas seguram o fôlego super bem (com destaque para The Guesser Move With the Season) para você ouvir até o final, até o repeat inevitável.

Pode ir atrás de Sun Structures sem medo de passar algumas boas horas ouvindo e reouvindo suas doze faixas, na certeza de que, mesmo quando você trocar de disco, vai dar vontade de voltar pra ele. Foi o que aconteceu comigo e com todo mundo pra quem mostrei Temples. Espero que com você também (pode crer que vale a pena).

Shuffle

Faixa a Faixa: "Canções de Apartamento"
Os dois anos do primeiro álbum de Cícero são relembrados por dez de nossos pavezeiros, cada um comentando uma das dez faixas que mais ouvimos nos últimos tempos
Toro y Moi - Rose Quartz
Feito com pinturas animadas, clipe mostra Chaz Bundick e sua banda entre muitas cores e impressiona sempre, inclusive quando tentamos desvendar como foi feito
Sia - Cheap Thrills
Em mais um projeto com co-direção de Daniel Askill, coreografia de Ryan Heffington e protagonismo da pequena Maddie Ziegler, cantora produz clipe pouco impressionante, mas muito satisfatório

Curtiu? Comente!

Comments are closed.

Sobre o site

Feito para quem não se contenta apenas em ouvir a música, mas quer também vê-la, aqui você vai encontrar análises sem preconceitos e com olhar crítico sobre o relacionamento das artes visuais com o mercado fonográfico. Aprenda, informe-se e, principalmente, divirta-se – é pra isso que o Música Pavê existe.