Renato Era Chato

Na última semana, os brasileiros postaram e repostaram pelas redes sociais algumas charges estreladas por Renato Russo, nas quais sua “genialidade” é sua própria antagonista. São situações simples e corriqueiras interrompidas pelos versos do vocalista da Legião Urbana, constrangendo a todos ao redor. Esse é o Tumblr Renato Era Chato, com o ótimo subtítulo “Mas era gênio ~aqueles~”, que brinca com o status adquirido pelo músico junto ao público.

O projeto foi criado por Adriano Brandão (@redator) e Leticia F. (@leticce), a partir de um tweet que ele postou em 12 de novembro, “daí pensei que seria legal ilustrar esses momentos em que o Renato provavelmente soltaria uma de suas letras famosas”, nos contou Adriano, “já conhecia o trabalho de ilustração da Leticce, que topou na hora”.

“Eu não sou exatamente fã, mas gosto… escuto quando toca no rádio”, disse Leticia sobre Renato e sua banda. Já Adriano revela que “ouvia muito na adolescência, mas dei uma parada. Me deixava meio deprê, às vezes (risos)”. Essa depressividade é uma das marcas que o músico deixou na história do rock brasileiro, o que faz com que muitos simpatizem com ele (e o veneram como “gênio”), enquanto outros só conseguem o enxergar como “mala”, como nessas tirinhas.

 

Leticia nos explicou isso assim: “Ele mandava muito bem nas letras e metáforas. Mas acabou atraindo ‘fãs chatos’ que fizeram da banda uma religião, e essa impressão  acabou passando  para o Legião. Então ficamos assim: ele é chato se você lembrar dos fãs chatos, mas gênio se você lembrar das músicas”. Já Adriano contou que “Ele tem uma frase que pra mim é a mais matadora de todas no quesito amor: ‘Me disseram que você estava chorando e foi então que percebi como te quero tanto’. Isso é coisa de gênio”.

O que está claro pra todo mundo é que de chato o Tumblr não tem nada. A cada novo post vemos o pessoal reblogando os quadrinhos também no Twitter e Facebook, em uma ótima recepção do público – seja daqueles que tem saudades da banda, ou dos que apenas curtem os memes da Internet. É a segunda vez que Renato Russo é viralizado esse ano (lembra do clipe Eduardo e Mônica?), além de ter filme sendo produzido, ganhando novamente a atenção de quem já conhece a Legião Urbana e da gurizada que está tendo contato com sua obra só agora.

Se você só viu os quadrinhos postados por aí, vale a pena conhecer (e seguir ou favoritar) o Tumblr Renato Era Chato, que com seu pouco tempo de vida já ganhou mais seguidores do que Renato poderia dar conta. “Dá a impressão que ele tinha preguiça das pessoas”, diz Adriano, que comentou, “eu entendo um pouco isso, sabe? Ser gênio não é fácio pra ninguém”.

 

Shuffle

Cover: Mumford and Sons canta Vampire Weekend
Veja a interpretação folk pra esse hit do indie rock
Jack White por Gary Oldman
O ator e cineasta comandou as câmeras em um show do músico transmitido ao vivo pelo YouTube. Como se não bastasse, ele foi autor de algumas fotografias dos ensaios e bastidores muito interessantes
Local Natives - Bowery (No Face Remix)
Com elementos fragmentados, sobrepostos e rearranjados, videoclipe em preto e branco deixa as cores para a música e nos relembra o que faz um bom remix

Curtiu? Comente!

8 Comments on “Renato Era Chato

  1. A melhor do Renato é ele ter mandado João de Santo Cristo pra Brasília porque o boiadeiro ia perder a passagem, enrolar todo mundo com uma letra de minutos kilometricos e arrematar dizendo que ele queria era falar com o presidente pra ajudar toda a gente sofredora.

    Ao menos ajudou muita gente a ganhar tempo nas rodinhas de violão.

  2. O pior de tudo é que agora estou imaginando vários outros artistas que serviriam para protagonizar um Tumblr nesse gênero. Do tipo “Bono é chato” (e ele é mesmo).

  3. Não entendi a estória do subtítulo: Mas era gênio ~ aqueles ~
    Alguém pode me explicar?

    • Esse “~aqueles~” é um meme na Internet que ironiza a frase anterior, como aquela expressão “aqueles caras” ou “aqueles que…” quando alguém fala alguma coisa e está desmentindo, mostrando que era ironia. Sabe? Nesse caso, o “mas era gênio” entra como se fosse uma desculpa, uma justificação, pra não causar polêmica (mas já causando). E o mais legal de tudo isso é que o Tumblr sabe usar a linguagem da Internet para se comunicar nesse meio. Entende?

Leave a Reply to lívia. Cancel reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Sobre o site

Feito para quem não se contenta apenas em ouvir a música, mas quer também vê-la, aqui você vai encontrar análises sem preconceitos e com olhar crítico sobre o relacionamento das artes visuais com o mercado fonográfico. Aprenda, informe-se e, principalmente, divirta-se – é pra isso que o Música Pavê existe.

Contato

fale@musicapave.com