Ney Matogrosso: Mais um Passo nos 40 Anos de Carreira

ney matogrosso

Nessa terça-feira, um dos maiores músicos brasileiros, Ney Matogrosso, compareceu ao Hotel Emiliano em São Paulo para responder perguntas sobre sua nova turnê Atento aos Sinais em parceira com o Natura Musical. Serão três apresentações pela capital paulista (8, 9 e 10 de Março no HSBC Brasil) e seis outras apresentações pelo Brasil, passando por Porto Alegre, Brasília, Rio de Janeiro, Salvador e Belo Horizonte. Para o músico, os shows não irão parar por aí: “Vou fazer os seis do Natura e continuar viajando. Eu fico no mínimo dois anos trabalhando cada show.” As perguntas feitas durante a coletiva variaram bastante e Ney respondeu todas de uma maneira relaxada e tranquila naquela tarde calorosa de São Paulo.

Monica Gregori (diretora de comunicação e marketing da Natura) começou a colectiva explicando um pouco sobre o que é o projeto Natura Musical e quais são os objetivos deste trabalho. Um deles é encontrar novos músicos brasileiros e ajudá-los a crescer no mercado. Outro é valorizar a musica brasileira e suas raízes. Segundo Monica, o trabalho feito pelo Natura Musical procura a  “valorização e resgate da memória musical brasileira. Valorização da nossa música de raiz, que não podemos deixar que se perca. Temos que continuar valorizando e dando oportunidade para que estes artistas continuem fazendo o seu trabalho”, e é ai que se encaixa Ney Matogrosso. Eles não irão apenas patrocinar estes seis espetáculos do músico, mas também o álbum que será lançado ainda neste ano. Esta é a primeira vez que recebe patrocínio para realizar algum show ou álbum. O músico contou: “De vez em quando, uma ou outra gravadora ajudava. Mas ninguém dava grana.” A vantagem por ter um patrocínio é que agora Ney pode ter um pouco de folga e não precisa gastar todo o seu dinheiro. “A gente não vai ficar dependendo de fazer trinta shows pra pagar a produção. Então dá um certo conforto saber que você não tem que pegar todo o dinheiro que você vai ganhar no início do trabalho pra pagar.” As apresentações patrocinadas pelo Natura Musical serão mais baratos, fazendo o show do músico mais acessível para muitos fãs pelo Brasil.

coletiva ney matogrosso

Atento aos Sinais será uma grande experiência para qualquer pessoa que compareça ao espetáculo, seja um fã recente ou antigo. Monica comentou: “É um trabalho muito mais extrovertido, muito mais pop e rock. Um trabalho em que ele volta a carregar na cenografia, nas artes cênicas, figurino e maquiagem. Acho que temos aqui de novo um pouco desse Ney, que nós, como fãs que somos, sentimos saudade de ver no palco.” Esta vontade do músico de ter um show um pouco mais pop e rock ajudou ele a escolher o seu repertório e, segundo o ícone, desde o começo ele planejava um show nesse gênero. A performance contará com músicas de Itamar Assumpção, Criolo, Lobão e muitos outros músicos brasileiros.

O cenário da apresentação foi criado por Luis Stein e Milton Cunha e dará ao público o que falar. Ney Matogrosso é conhecido por ter uma paixão e ter trabalhado muito com iluminação e esta turnê terá um visual e tanto: “Eu tô com uma iluminação que eu nunca usei e nunca vi ninguém usar. É luz de rock’n’roll”. Segundo o músico, o show irá contar com quatro tiras de LED que irão projetar imagens coerentes com as músicas cantadas. “Por exemplo, no Vida Louca (música composta por ele) nós chegamos a conclusão que seria interessante colocar só imagens minhas. Já que estamos falando de uma vida louca, não é? Não que eu seja louco. Não me considero louco, mas minha vida foi uma vida engraçada”. Os figurinos (criados por Ocimar Versolato e Marta Reis) serão como muitos outros que usou no passado, ou seja, extremamente ousados. “Salientes, pouca roupa, sabe? Tira roupa to com uma camisetinha decotada. O que eu gosto.” A direção musical ficou por conta de Sacha Amback (que também tocará teclado) e Ney deixou claro que a ajuda de Amback foi excelente: “A contribuição dele é maravilhosa. Vocês vão ouvir, vocês vão saber qual é a contribuição dele. Muito boa. Eu tô com uma banda muito boa!”. O músico será acompanhado por  Marcos Suzano e Felipe Roseno (percussão), Dunga (baixo), Mauricio Almeida e Mauricio Negão (guitarra), Aquiles Moraes (trompete) e Everson Moraes (trombone).

Ney Matogrosso irá completar 40 anos de carreira durante estes shows, mas para ele não existe motivo para comemorar. “Eu não tô fazendo nada comemorativo, não”, comentou durante a entrevista, “dentro de mim não é comemoração nenhuma. Estou seguindo a minha vida. É um passo adiante que estou dando. Mais um passo!”.

ney matogrosso

Shuffle

Curtiu? Comente!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Sobre o site

Feito para quem não se contenta apenas em ouvir a música, mas quer também vê-la, aqui você vai encontrar análises sem preconceitos e com olhar crítico sobre o relacionamento das artes visuais com o mercado fonográfico. Aprenda, informe-se e, principalmente, divirta-se – é pra isso que o Música Pavê existe.

Contato

fale@musicapave.com