Matheus Brant Todo Dia

É do senso comum que não se deve confiar em advogados. Confiar em músicos, aí já não sei, talvez alguns corram esse risco. Daí, saber que Matheus Brant carrega em si esses dois ofícios pode alertar alguns a ouvirem sua música com o pé atrás, por puro medo do quanto ele pode fazer nossa cabeça com seus versos.

E sim, ele se dá muito bem com as palavras e sabe como cantá-las para nos convencer de que não quer nos convencer de nada. Mineiro, poderia usar daquela malemolência natural na fala, mas escolheu interpretar suas composições em outra direção – aparentemente. Talvez seja essa sua intenção, fazer-se de inocente para ganhar nossa confiança.

Dar a chance para conhecer A Semana, seu primeiro trabalho solo, lançado no fim de 2011, é arriscar ter Matheus todo dia cantando no seu ouvido: “Pois sei, basta fingir que a dor que sentes, que ninguém neste mundo te entende, eu canto um rock pra você”. É assim que ele vem, cantando como não quer nada, para concluir “em menos de um mês, tenho certeza que você vai me amar”.

Essa malandragem toda fica muito bem em MPB, ainda mais em sambas como os dele, cheios de contemporaneidade no som com guitarras e outros instrumentos elétricos sem perder aquele pezinho na tradição tupiniquim. Canta de amor e “coisas escondidas por aí” em versos de métricas variadas e aquela interpretação vocal que fica entre o coro boêmio e uma declaração passional em alto e bom, ou ótimo, som para todo o salão ouvir.

Envolto por argumentações, seja na advocacia ou no metrado em Direito, ele deixa para a música seu coração sem medo de soar romântico/brega (“Saiba, ninguém te ama mais do que eu, sei no entanto que de vez em quando meus olhos se encontram distantes dos teus, mas são só intantes, relâmpagos no céu, são só momentos”).

Quero te recomendar que baixe o disco A Semana, mas entendo que o risco aqui é alto. É possível que, assim como o título indica, Matheus se torne cotidiano em sua playlist ainda que ele, como todo bom mineiro, venha quietim e rapidim roube sua atenção de uma vez por todas com sua música – e é aí que  seu trabalho ganha nossa confiança, quando percebemos que não é qualquer obra que nos deixa assim, tão em alerta e tão relaxados ao mesmo tempo. Caso encerrado.

Mais de Matheus Brant: Download do disco A Semana | Facebook | Twitter

Curta também clipes de MPB no Música Pavê

Shuffle

Curtiu? Comente!

2 Comments on “Matheus Brant Todo Dia

  1. Um texto simplesmente sensacional!! Parabéns!! Matheus Brant soa como pronto para o sucesso, e sua definição André, é perfeita!!

  2. Caramba André, excelente texto e recomendação de som. Gosto muito da música do Matheus e a redação costurou bem as profissões dele. Parabéns!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Sobre o site

Feito para quem não se contenta apenas em ouvir a música, mas quer também vê-la, aqui você vai encontrar análises sem preconceitos e com olhar crítico sobre o relacionamento das artes visuais com o mercado fonográfico. Aprenda, informe-se e, principalmente, divirta-se – é pra isso que o Música Pavê existe.

Contato

fale@musicapave.com