Joshua Radin: “Escrevo do Coração”

Tão legal quanto ser surpreendido ao conhecer alguém é perceber que a ideia que você tem de um artista há tantos anos combina com a realidade. Joshua Radin é um desses cantores e compositores sem muitos escudos emocionais, com músicas que expressam essa sensibilidade de uma maneira sempre pop, naquela acessibilidade que não perde sua essência. “Sempre escrevo do coração e tento ser o mais vulnerável possível”, ele contou ao Música Pavê por email, “é a isso que as pessoas costumam responder”.

Com três shows marcados no Brasil em dezembro (um no Rio, dois em SP), o norte-americano trará ao público as músicas que acompanhamos ao longo de sua carreira, muitas delas conhecidas por trilhas sonoras de séries de TV e filmes. Foram essas inserções na mídia que garantiram que o nome Joshua Radin chegasse a ouvintes diversos, que nem sempre estariam atentos ao que acontece no cenário independente.

“Muitas vezes, minhas músicas eram alteradas para caberem nas cenas, eles colocavam um verso antes do bridge, por exemplo”, comenta o cantor, “eu nunca gostei desse aspecto. Mas a exposição era fantástica. Então, eu sempre permiti, porque, para um artista independente como eu, a oportunidade de atingir milhões de pessoas ao redor do mundo é boa demais para deixar passar”.

Essa identificação emocional com o público está na essência de seu trabalho. “Muitas das respostas que chegam até mim são de pessoas que se sentem como eu me sentia ao compor”, diz Radin, “e essa é a melhor parte, poder me conectar com seres humanos, tornar o mundo um pouco menor”.

E é isso o que podemos esperar de seus shows no Brasil, como ele mesmo comenta: “Uma noite de histórias em um ambiente bastante otimista. Quero que todos, quando eu termine de tocar, se sintam que me conhecem melhor como pessoa”. Feliz de vir ao país pela primeira vez, justo em um momento tão crítico para nossa história, Joshua Radin deixa uma frase de Oscar Wilde para explicar seu papel como músico nesse contexto atribulado: “Sou um sonhador, pois um sonhador é aquele que só encontra seu caminho pela luz do luar. E seu castigo é enxergar o amanhecer antes do resto do mundo”. É ou não é o que você espera de quem escreve essas músicas?

Joshua Radin e Greg Holden no Rio de Janeiro

Data: 13/12/2018
Horário: 20h45
Local: Teatro Ipanema
Endereço: R. Prudente de Morais, 824 – Ipanema – Rio de Janeiro/RJ
Preços: R$40 (meia) / R$80 (inteira) – 1° lote: Sympla
Classificação: Livre

Joshua Radin e Greg Holden em São Paulo

Datas: 15 e 16/12/2018
Horário: 19h
Local: Bona
Endereço: R. Álvaro Anes, 43 – Pinheiros – São Paulo/SP
Preço: R$40
Classificação: Livre

Shuffle

Curtiu? Comente!

Comments are closed.

Sobre o site

Feito para quem não se contenta apenas em ouvir a música, mas quer também vê-la, aqui você vai encontrar análises sem preconceitos e com olhar crítico sobre o relacionamento das artes visuais com o mercado fonográfico. Aprenda, informe-se e, principalmente, divirta-se – é pra isso que o Música Pavê existe.

Contato

fale@musicapave.com