Deixa eu te contar mais sobre Keaton Henson

Quando fui escrever a resenha do clipe Kronos, que saiu na terça-feira 25 de setembro, comecei a pesquisar sobre esse novo lançamento e percebi que há mais para se dizer sobre o assunto do que eu imaginava. Calma, você já vai entender.

Se você é novo por aqui, Keaton Henson é um músico inglês que conhecemos em março com o lançamento do maravilhoso vídeo (e fascinante música) Small Hands. Ambos, clipe e faixa, cativaram equipe e leitores do Pavê de primeira, o que se agravou ainda mais quando saiu To Your Health e, principalmente, quando ele nos deu a entrevista mais bacana da história do nosso site, toda respondida em desenhos.

Bom, quando sua melancolia entoada pela doçura da combinação voz e guitarra nos conquistou de vez, eis que ele lança Kronos. Dê o play abaixo e entenda.

Kronos

Sim, é o mesmo Keaton Henson de sempre, mas em algo totalmente diferente – ainda que com algumas semelhanças, porém em uma nova roupagem. Ok, eu também fiquei confuso e é por isso que optei por escrever o artigo, não a resenha do clipe.

Primeiro, as informações. Kronos estará no EP Sweetheart, What Have You Done to Us, que será lançado em 5 de novembro. Esse é também o primeiro gostinho que temos de seu segundo álbum, o sucessor do absolutamente lindo Dear que será lançado em fevereiro de 2013. Ele foi gravado em Los Angeles, quando o produtor Joe Chicarelli (que tem The White Stripes, The Shins e The Strokes no currículo) o convidou para trabalharem juntos.

Keaton enfrentou seu medo de aviões e cruzou o Atlântico para passar dois meses no Novo Mundo, onde ele conheceu músicos da Band of Horses, The Raveonettes, Alberta Cross e Pearl Jam – novos amigos que serviram de convidados nas gravações das novas músicas.

E isso já explica muito da surpresa com Kronos, uma faixa com instrumental cheio e barulhento em uma ambientação extremamente diferente de todas as canções de Dear. Mas, ainda assim, é Keaton Henson – e digo isso não apenas pelo inconfundível timbre de sua voz.

As letras continuam mergulhadas em uma profunda melancolia, assim como sua interpretação hipersensível, à flor da pele, frágil e ousada ao mesmo tempo, como se suicidamente se arriscasse a abrir o coração. Ou seja, exatamente aquilo que nos conquistou nos trabalhos anteriores. Aliás, mesmo se você não manjar tanto de música vai conseguir “limpar” a faixa de tantos elementos e encontrar uma linha em comum com suas composições anteriores na melodia.

Quanto ao clipe de Kronos, ele vem no maior estilo A Bruxa de Blair e mostra uma caçada a um ser, talvez o lendário Pé Grande, em uma floresta. A câmera está em primeira pessoa e treme bastante em uma estética naturalista, acompanhando muito bem aquele certo desespero que há na música (pronto, já posso dizer que falei sobre o vídeo).

Os britânicos poderão conferir sua estreia nos palcos (Keaton tem pânico de estar em público, por isso não fez shows até agora) nos dias 3 e 4 de outubro. Duas apresentações em Londres cujos ingressos se esgotaram em uma hora e em sete minutos, respectivamente – um feito que só as maiores bandas costumam realizar (e olhe lá).

Todos esses fatos relatados aqui só ajudam a construir o fascinante personagem que é Keaton Henson. Que venham mais novidades, pois sempre estaremos interessados em conversar mais e mais sobre ele.

Grow Up With Me

Curta mais de Keaton Henson no Música Pavê

Shuffle

Saint Motel em viagem pelos EUA
Banda californiana promoveu sua turnê com cartazes inspirados por propagandas e produtos visuais do século passado, passeando pela cultura imagética do país
Sophie Ellis-Bextor - Crystallise
Belíssimos quadros compensam a falta de ação em produção que coloca a cantora e sua interpretação no centro da narrativa, amparadas pela fotografia e direção de arte
Bonobo + Nick Murphy - No Reason
Até onde o confinamento pode te levar? Vídeo da parceria do produtor com o ex-Chet Faker constrói uma narrativa de pequenas surpresas e introspecção

Curtiu? Comente!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Sobre o site

Feito para quem não se contenta apenas em ouvir a música, mas quer também vê-la, aqui você vai encontrar análises sem preconceitos e com olhar crítico sobre o relacionamento das artes visuais com o mercado fonográfico. Aprenda, informe-se e, principalmente, divirta-se – é pra isso que o Música Pavê existe.

Contato

fale@musicapave.com