Cover: Brandon Flowers canta New Order

brandon-flowers

As melhores versões cover são aquelas em que um músico consegue dar sua cara a uma composição que já conhecemos. Ainda assim, há aqueles momentos que merecem nossa atenção mesmo quando esse não é o caso.

Foi assim em um show de Brandon Flowers em Manchester, Inglaterra, no qual ele convidou ao palco Bernard Sumner, da banda New Order, para cantarem juntos Bizarre Love Triangle, um dos maiores hits do grupo.

A música foi lançada em 1986, quando Flowers tinha cinco anos, e ecoou por anos seguintes. Como ele relembra antes da música começar, era uma época em que a MTV era “relevante” e dedicada a passar clipes, o que dava uma vida mais longa àquelas músicas que hoje são “clássicas”.

Não se trata de uma versão à la Brandon Flowers, mas uma homenagem a New Order em sua cidade natal. Não é arriscado afirmar, porém, que essa é mesmo uma faixa que acompanhou o vocalista por toda a sua vida, já que ela foi e é presente para tantos de nós até hoje.

Original:

Curta mais de Brandon Flowers no Música Pavê

Shuffle

Entrevista - 2ois (Segunda Parte)
Já vimos o que Leonardo Ramos disse sobre o clipe Ciúmes do Tamanho do Planeta Terra, agora é a vez de General Sih nos contar como foram as gravações
As 5 Músicas Brasileiras Mais Bonitas de 2011
Marcelo Camelo é um dos músicos que nos entregou belíssimas composições durante o ano. Conheça quais as cinco que se destacaram pela capacidade de nos deslumbrar, com suas reflexões, sensações e habilidade de fazer sorrir ou chorar
Lucas Santtana Narra o Nosso Tempo
O cantor baiano lança seu novo trabalho, O Deus Que Devasta Mas Também Cura, mostrando que sabe absorver a nossa época ao traduzi-la em canções narrativas com composições muito ricas

Curtiu? Comente!

Comments are closed.

Sobre o site

Feito para quem não se contenta apenas em ouvir a música, mas quer também vê-la, aqui você vai encontrar análises sem preconceitos e com olhar crítico sobre o relacionamento das artes visuais com o mercado fonográfico. Aprenda, informe-se e, principalmente, divirta-se – é pra isso que o Música Pavê existe.