Como Gostar (Ainda Mais) de Música

como gostar de música

Isso aqui está longe de ser um manual ou de tentar te ensinar como escutar música. Eu pretendo com isso apenas introduzir algumas formas interessantes de se perceber novas maneiras ou novos porquês de amar a música mais ainda. Então vamos lá! Algumas formas de perceber a mesma música que você escutava até ontem como uma coisa completamente nova:

##Ouça o baixo

O baixo é um instrumento um pouco renegado. A maioria das pessoas que se interessa por música superficialmente sabe muito pouco sobre para quê serve um baixo. Também não convém ficar dando explicações muito profundas. Mas tente perceber aquele instrumento de cordas com som mais grave no fundo. Você pode se surpreender com coisas incríveis que você nem havia reparado que existiam. Há baixistas sensacionais por aí. Veja Geddy Lee do Rush, Flea do Red Hot Chili Peppers, Steve Harris do Iron Maden, John Entwistle do The Who.

Para iniciantes: Tente prestar atenção no baixo delicioso de Michele Stodart do The Magic Numbers:

##Entenda a letra

Boa parte da graça das músicas está na letra. Você tem três opções: pegar a tradução se for uma música estrangeira, aprender a língua das músicas que você gosta – ótima oportunidade para aprender coisas novas -, ou, simplesmente prestar atenção às letras de músicas em português que você goste. Não gosta de nenhuma banda que cante em português? Você tem problemas!

##Dissonância é legal

 Sabe aquela coisa que soa esquisita? Meio bossa nova, meio Desafinado. Inesperada. Não é erro. Aliás, muitas vezes é feito de propósito. E quando você aprende a apreciar as dissonâncias, seu mundo fica mais colorido. É como ganhar uma caixa de lápis de cor de 36 cores quando você já estava acostumado a ter só 12. Você não precisa saber o que é dissonância. Só precisa saber que na maioria das melodias que soam harmônicas há um certo grau de dissonância. Que quando você acha que alguma coisa soou diferente do que você esperava, o seu cérebro está tentando resolver algo que ele achava que seria mais fácil. Dê trabalho a ele.

##Tente cantar

Quando você canta a música, sua percepção musical muda. Você é obrigado a prestar atenção a partes a que você não estava muito atento quando alguém estava fazendo isso por você. Vai lá, começa no chuveiro e solta a voz! Eu descobri que quando você anda por aí cantando não é tão vexatório, principalmente porque muito provavelmente você não deve nada a ninguém.

Esta aí é ótima para chuveiro:

##Dance no ritmo

Pode ser no seu quarto mesmo, no tapete da sala, no salão de dança, no samba, no teto, na rua, na chuva, na fazenda… enfim! Dance. Quando você dança – e pode ser até aquela mexidinha leve de ombro -, a música penetra pela sua pele. Você sente a batida dentro de você e entende que música não se ouve só com ouvido. O seu corpo é feito para isso! Use! Ele vibra, mexe, entende divisão muito melhor do que o seu consciente. Acredite.

##Feche os olhos

Quando você fecha os olhos, desliga os outros sentidos, é mais fácil apurar os ouvidos. Apague a luz, pare de comer aquele chocolate! Essa é a hora de deixar os ouvidos trabalharem.

##Procure coisas que você não está acostumado a ouvir

Nessa, o Música Pavê te dá uma força diária! Se quiser, temos uma vasta biblioteca. Explorar novos estilos, novos artistas, coisas que você não escuta na rádio sempre, aquilo que está longe da sua segurança, é ótimo para treinar. Te dá novos artifícios para escutar a música de sempre que você adora com outros ouvidos. Ouça música italiana; procure uma banda de rock latina esquisita; veja um artista brasileiro que você não conhece; entre no mundo dos ritmos orientais. Visite novos lugares com a música.

Disse tudo que você já sabia? Não tem problema. Em breve vem mais.

Shuffle

The Black Keys em Pôsteres
A mais recente turnê da banda, para promover o álbum El Camino, tem rendido muito mais do que ótimos shows, mas também incríveis cartazes para cada uma das apresentações
Regina Spektor - How
Diferentes estilos de vídeo que parecem nem combinar muito entre si formam uma ótima ilustração para a forte balada da cantora sobre o fim de um relacionamento
Entrevista: Duda Brack
Longe de qualquer "mesmice" que a música brasileira carregue hoje, cantora reúne banda de peso e entrega ao mundo seu disco de estreia "É", com composições de contemporâneos

Curtiu? Comente!

2 Comments on “Como Gostar (Ainda Mais) de Música

  1. Pingback: Leituras da Semana: David Bowie, Arctic Monkeys Ao Vivo, Como Gostar Mais de Música e mais

  2. Pingback: Como Gostar Ainda Mais de Música (Agora É Sério) : Música Pavê

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Sobre o site

Feito para quem não se contenta apenas em ouvir a música, mas quer também vê-la, aqui você vai encontrar análises sem preconceitos e com olhar crítico sobre o relacionamento das artes visuais com o mercado fonográfico. Aprenda, informe-se e, principalmente, divirta-se – é pra isso que o Música Pavê existe.

Contato

fale@musicapave.com