Cinco Discos que Precisam Sair Logo

frank-ocean-novo-disco

Todo fã de música conhece a ansiedade por trás de um lançamento – é só anunciarem que vai sair uma música ou um clipe que você já organiza sua agenda para conseguir acessar o material o quanto antes. Quando o assunto é um álbum, essa expectativa triplica.

Pior ainda é quando o lançamento ainda nem foi anunciado oficialmente e temos apenas pistas do que está por vir, como nos futuros/possíveis/prováveis disco aqui listados.

##Frank Ocean

O que era para ser uma estretégia de publicidade está sendo visto como o maior troll da música em 2016. Já faz tempo que o norte-americano deve o sucessor de Channel Orange (2012) aos fãs, colocando apenas algumas dicas pela Web de que o material estava por vir. No primeiro dia de agosto, seu site começou a exibir uma transmissão ao vivo de um galpão com uma bancada de trabalho e alguns sons esparsos, sem mais nenhuma informação – a não ser um grande boato publicado pelo New York Times de que o disco deveria sair na sexta, 5, o que não aconteceu. Especula-se que tudo isso seja para o lançamento do primeiro single do álbum, e que ele viria apenas em novembro. Veremos.

##Kings of Convenience

Já se vão quase sete anos desde que o mundo conheceu o belo Declaration of Dependence, terceiro disco do duo norueguês, e já está mais do que na hora de ouvirmos suas novidades. Pois bem, eis que Erlend e Eirik anunciaram recentemente uma pequena turnê pela Europa em shows intimistas nos quais serão apresentadas novas composições como “teste” para verem se elas funcionam e, a partir daí, definirem o repertório da obra. Pelo menos sabemos que ela está vindo, mas não espere nada antes de 2017.

##Haim

Muita coisa aconteceu para as irmãs Haim desde que Days Are Gone saiu em 2013, de presença obrigatória em grandes trilhas sonoras a amizades instagramadas com Taylor Swift. O que sabemos também é que parte desses três anos foram usados para seu segundo álbum, que deve trazer Rostam Batmanglij (ex-Vampire Weekend) e Ariel Rechtshaid novamente na produção. Dizem que elas querem lançar a obra ainda em 2016, tanto é que cancelaram uma turnê pela Europa para conseguirem finalizar tudo a tempo.

##M.I.A.

Depois de muitas, mas muitas informações sobre seu lançamento, parece que A.I.M. deve sair em 9 de setembro e trará colaborações com nomes como Diplo, Skrillex e Zayn. A novela sobre o disco já dura um tempo, com a artista ameaçando até vazar o álbum na Web, por conta dos atrasos no cronograma estabelecido por sua gravadora norte-americana – uma parceria que ela já deu a dica que deve ser finalizada com esse lançamento. Uma coisa é certa: Há muitas chances de estarmos diante de um dos melhores da temporada.

##O Terno

Para finalizar a lista, eis um alívio para nossa ansiedade: O Terno lançará seu terceiro disco ainda em agosto, como foi divulgado a partir do lançamento do single Culpa. Como reportado pelo site da revista Rolling Stone, o trabalho foi inspirado pelo ultraclássico Pet Sounds, que Beach Boys lançou em 1966 e deve revelar a maturidade que a banda possui hoje, depois de tanta estrada nos últimos quatro anos. Fique atento que ele sai antes do fim do mês, pelo Natura Musical. Atualização às 10:40: O Terno anunciou no Trabalho Sujo a capa e título do disco, Melhor do que Parece.

Curta mais de: Frank Ocean | Kings of Convenience | Haim | M.I.A. | O Terno

Shuffle

Mumford & Sons - Hopeless Wanderer
Os comediantes Jason Sudeikis, Ed Helms, Will Forte e Jason Bateman se reúnem para interpretar na tela todos os exageros do quarteto londrino, da estética ao drama
Arcade Fire - Afterlife
Continuando a temática do álbum "Reflektor", clipe mostra três personagens envolvidos com seus sonhos em uma mesma noite, tendo experiências que a realidade não permite
Galeria: David Bowie
Camaleônico, andrógeno e imprevisível - o retorno do músico neste ano trouxe sua música para as novas gerações e nos lembrou por que o adjetivo que melhor o descreve é "incomparável"

Curtiu? Comente!

Comments are closed.

Sobre o site

Feito para quem não se contenta apenas em ouvir a música, mas quer também vê-la, aqui você vai encontrar análises sem preconceitos e com olhar crítico sobre o relacionamento das artes visuais com o mercado fonográfico. Aprenda, informe-se e, principalmente, divirta-se – é pra isso que o Música Pavê existe.