As 5 Músicas Brasileiras Mais Bonitas de 2011

Pinterest

(Veja também nosso artigo com as 5 Músicas Brasileiras Mais Bonitas de 2012)

Sim, “as mais bonitas”. Não vou falar das melhores por este ou aquele motivo: Vim te contar de cinco canções que encheram 2011 de beleza, cada uma por um motivo. E sabemos que falar do “belo” é falar de subjetividade, então não espere argumentos muito lógicos desta vez, mas tenha certeza que ouvirá composições que tocam naqueles cantinhos da alma que só a arte alcança – e todas cantadas em português. Com vocês, as cinco músicas brasileiras mais bonitas do ano.

Marcelo Camelo – Três Dias

Essa canção surge na segunda metade de Toque Dela com letra e melodia otimistas, envoltas naquela melancolia que Camelo interpreta tão bem. Se você ficar sozinho, pega a solidão e dança”, aconselha o músico que “sambou bem a dois por si” em 2003 com o Los Hermanos e chegou em 2011 sabendo compor uma música que abraça o ouvinte em seus dois minutos finais, só no instrumental, e consegue ser mais humana e sensível do que a grande maioria das letras que consideramos “boas”. Veja mais de Marcelo Camelo.

Cícero – Vagalumes Cegos

Se Tempo de Pipa te deixa curioso para ouvir o disco Canções de Apartamento, é essa canção (a segunda faixa do CD) que cativa de vez o ouvinte. O músico canta baixinho, quase sussurrando, sobre “esses dias cheios”, “meio emperrados entre o meio e o fim” e faz o convite definitivo para uma vida melhor: “Vamos ver um filme, ter dois filhos, ir ao parque, discutir Caetano, planejar bobagens e morrer de rir”. Perfeita para ser ouvida em meio à correria de sempre, na esperança de uma tranquilidade mais frequente na vida. Veja mais de Cícero.

Mallu – Sambinha Bom

Por mais curioso que seja colocar Mallu e Camelo na mesma lista, foi difícil não incluir por aqui essa faixa de seu mais recente disco, Pitanga. Metalinguística, ela já começa argumentando: “Sambinha bom é esse que te traz de volta, que é só tocar e logo você quer voltar” e “Sambinha bom é esse que tem pouca nota, que é só tocar e logo você quer cantar” – com pianinho, batuquinho e o vocal maduramente doce da cantora. Sorriso instantâneo desde a primeira audição. Veja mais de Mallu Magalhães.

Quarto Negro – Vesânia II (Delírio Mútuo)

O clímax do disco Desconocidos traz um delírio febril representado pelas faixas Vesânia I (Cabo Horn) e  essa sua segunda parte. O clima meio onírico acompanha o lamento tão íntimo de um relacionamento falido (“Eu ainda sinto sua ausência, eu ainda sinto você nos meus braços”), com confissões esperançosas (“E a agonia de ficar sempre aqui? Me leva pra qualquer lugar, pois mesmo sóbrio me entrego fácil”), ritmo incostante e troca de palavras na hora de repetir o refrão, culpa da febre e do desespero, e conclui por fim: “Não é comum, mas a gente continua. Nossos filhos; Nossa casa; Nós dois, também. Sozinhos”. Intimamente perturbador e belo. Veja mais de Quarto Negro.

Bruno Batista – Bonita

Há cinco meses, eu afirmei: “Bruno Batista já lançou a música mais bonita de 2011” e não mudei nem um pouco de ideia. Bonita aproveita a habilidade que a música brasileira tem de converter melancolia em belos versos e melodias, daqueles capazes de mexer com as estruturas dos corações mais gélidos. “E se a felicidade é tão vizinha, por que há tanto não vem pra um chá?”, indaga o clímax da música logo antes do refrão, enquanto a interpretação do músico e o instrumental conduzem o ouvinte a um mergulho sensorial em que não importa o seu grau de identificação com a música, você é capaz de se apoderar dela e sentir na pele o que ela canta. É bonita (é bonita e é bonita). Veja mais de Bruno Batista.

(Veja também nosso artigo com as 5 Músicas Brasileiras Mais Bonitas de 2012)

E curta mais listas 5 +, a nova seção do Música Pavê

Shuffle

Coldplay, desafiando seus próprios limites

Após o o sucesso de Viva La Vida, a banda britânica nos mostra que o céu não lhe é limite com o novo Mylo Xyloto

Cícero na Avenida

O cantor levou sua música Ponto Cego para o centro do Rio de Janeiro em vídeo produzido pelo projeto Tocavideos. Com voz e violão, Cícero anuncia nosso fim-de-semana: "É sexta-feira, amor, sexta-feira"

Walker Lukens: Austin Respira Música Nova

Do Texas para os nossos ouvidos daqui, o músico ganha cada vez mais destaque em sua cena musical com um som que ele faz questão de não ser chamado de "folk"

Curtiu? Comente!

13 Comments on “As 5 Músicas Brasileiras Mais Bonitas de 2011

  1. A lista ficou ótima, mas na minha opinião Agridoce da Pitty tinha que estar dentro dessas top 5

  2. Já afirmo que “Bonita” e “Vagalumes Cegos” também vão estar entre as mais bonitas da década.
    Bora esperar pra confirmar!

  3. Também voto a favor de Agridoce, da Pitty! Para mim, o projeto da cantora ficou muito melhor do que o novo CD da Mallu (não mais Magalhães… rs).

  4. o disco da pitty ficou pééééssimo! chato e batido! não dá pra ouvir mais de uma vez!

  5. Pingback: Mallu Magalhães – Sambinha Bom : Música Pavê

  6. Olha, adorei as músicas antes sequer de as ouvir porque… Sinceramente, seus comentários são de uma doçura e ao mesmo tempo de uma paixão, toca a gente de uma forma tão bela, tão terna que seria impossível não se apaixonar por elas, tamanha a sua poeticidade.

    Foi por acaso que cheguei aqui (minto, não creio em acasos), digitando a frase “Vamos ver”… Aí veio o Cícero, depois a sua lista das 5 melhores músicas de 2011. Obrigada por apresentá-las, vc é excepcional na arte de transmitir belas emoções.

    • Nossa, Ilde, que gostoso receber um comentário desses. Muito obrigado pelo carinho! Espero que goste da lista 2012 também =) Beijos!

      • [sorriso] Você merece “cada uma” das palavras que eu disse.

        E irei conferir a lista de 2012, podexá! ;)

        Bjo!!!

  7. Pingback: As 5 Músicas Brasileiras Mais Bonitas de 2012 : Música Pavê

  8. Muito Bom. Procurava mesmo as “melhores” musicas recentes. Continue postando precisamos.

  9. Pingback: Cinco Músicas Mais Bonitas de 2013 : Música Pavê

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Clipes por estilo

Sobre o site

Feito para quem não se contenta apenas em ouvir a música, mas quer também vê-la, aqui você vai encontrar análises sem preconceitos e com olhar crítico sobre o relacionamento das artes visuais com o mercado fonográfico. Aprenda, informe-se e, principalmente, divirta-se – é pra isso que o Música Pavê existe.