5 Covers Que Seriam Bizarras, Mas Legais

Que nós do Música Pavê gostamos de versões cover não é nenhum segredo, já que sempre postamos algumas preciosidades que encontramos em discos e na Web. Só que hoje a história é outra. Não vamos falar de releituras que ficaram interessantes (ou que ficaram péssimas), mas de algumas gravações que nunca existiram, mas poderiam ficar bem legais – mesmo que aparentemente elas sejam “nada a ver”. Duvida? Então olha só algumas sugestões que eu tenho, que servem para atiçar sua imaginação e ficam como dica para os músicos.

Foo Fighters canta Katy Perry – Sim, bizarro, mas deixa eu te explicar: Dave Grohl pode fazer qualquer cover ficar boa por dois motivos. O primeiro é ele saber usar muito bem seu vocal, principalmente quando grita, em todas as músicas que compõe ou toca. Depois, tem a questão do bom humor que ele tem para topar uma coisa dessas. Firework teria o refrão perfeito para ele soltar seus berros enquanto a banda desce o pau no som sem dó, uma verdadeira explosão como a letra de Katy Perry sugere. Tente visualizar.

Foo Fighters – Best of You

Katy Perry – Firework

Sufjan Stevens canta Mika – Se Grohl pode cantar qualquer música, Sufjan pode fazer qualquer coisa musicalmente neste planeta, do folk ao eletrônico (uma variação que ele mesmo já viveu). Talvez ele ouvisse Relax, Take it Easy e se identificasse com os falsetes de Mika, mas sua releitura poderia ser (bem) menos dançante e (bem) mais cerebral, provavelmente adicionando uma dimensão à música que mais ninguém no mundo enxergaria. Ouça as duas seguidas e perceba como ficaria legal.

Sufjan Stevens – In The Devil’s Territory

Mika – Relax, Take it Easy

The Fray canta Lana Del Rey – Muita gente acha o pop rock da banda enjoativo, enquanto tantos outros não veem nada demais na cantora. Como “menos com menos dá mais”, uma nova versão de Video Games com o vocal arrastado e a emoção (ou drama) que caracteriza o The Fray poderia ficar bem legal, principalmente no “It’s you, it’s you, it’s all for you” do refrão. Não tá conseguindo visualizar? Ouça a original e, em seguida, essa cover que eles de fato fizeram: Heartless, do Kanye West.

Lana Del Rey – Video Games

The Fray – Heartless

Los Hermanos canta Marisa Monte – Essa é uma ideia que tenho há um bom tempo: Beija Eu ao estilo de Casa Pré-Fabricada. O vocal tranquilo de Marcelo Camelo cantando o refrão enquanto as guitarras o acompanham no refrão. Ok, não é assim tão bizarro, mas é legal.

Marisa Monte – Beija Eu

Los Hermanos – Casa Pré-Fabricada

Adele canta Spice GirlsAh, como não? Certeza que Adele ouvia o quinteto quando era mais nova (qual pré-adolescente na Inglaterra não ouvia?) e usaria a nostalgia para fazer uma versão bem emocionada de algum do sucessos das moças. Se ela me perguntar (vai saber, nada é impossível), eu vou sugerir Say You’ll Be There, que tem aquela vibe anos 70 que ela curte. Imagina que fino que ficaria, com toda aquela banda dela.

Adele – Rumour Has It

Spice Girls – Say You’ll Be There

Veja mais versões cover e mais listas de 5 no Música Pavê

Shuffle

Cover: Jamie Cullum canta Rihanna
Cantor inglês de jazz-pop caprichou (e lucrou) com sua versão de um dos maiores hits da cantora caribenha
Música Pavê no Rock in Rio 2013
A convite da Heineken, comparecemos ao festival e assistimos a shows, como o de Beyoncé, diretamente do Lounge exclusivo cheio de celebridades. Nada mal, hein?
The Weeknd - Tell Your Friends
Abel Tesfaye precisava de uma produção que fosse icônica o suficiente para ele entrar de vez na cultura pop, e o resultado é este charmoso e violento vídeo pronto para marcar época

Curtiu? Comente!

5 Comments on “5 Covers Que Seriam Bizarras, Mas Legais

  1. Aproveitando para dar um exemplo real de cover bizarro, mas legal: Franz Ferdinand cantando “Womanizer”, da Britney.

    Pronto. Falei. hahahahahah

  2. Pingback: Resumo da Semana: 06 a 10 de Fevereiro de 2012 : Música Pavê

  3. Pingback: Links da Semana: polêmica de A Separação, hipsters ilustrados e bailarinas com distúrbios alimentares

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Sobre o site

Feito para quem não se contenta apenas em ouvir a música, mas quer também vê-la, aqui você vai encontrar análises sem preconceitos e com olhar crítico sobre o relacionamento das artes visuais com o mercado fonográfico. Aprenda, informe-se e, principalmente, divirta-se – é pra isso que o Música Pavê existe.

Contato

fale@musicapave.com