Melodia Desenhada: Arte Sem Qualquer Pretensão

melodia-desenhada

Não é difícil encontrar letras de música ilustradas pela Web, mas é sempre muito positivo encontrar um projeto que se dedique exclusivamente a isso. No caso do Melodia Desenhada, tudo fica mais especial por dois fatores: Uma certa coesão entre as obras apresentadas e uma agradável despretensão na simplicidade como tudo é feito.

“Foi uma coisa bem espontânea e sem qualquer pretensão”, conta Kayque Mourão, o nome por trás do projeto, que conta ter tido a ideia de criar a página no Facebook quando percebeu que a música era a maior inspiração para seus desenhos: “Ela consegue descrever todos os nosso sentimentos e momentos da nossa vida, nos dá inspiração e também serve como entretenimento para a mente”.

“A ideia dos desenhos é exatamente esta: ilustrar o sentimento, a emoção ao ouvir a música”, explica, “apesar que muitas vezes é difícil desenhar a letra de uma música, mas tento ao máximo ligar ambos”. Sendo algo tão íntimo e subjetivo, dá para perceber claramente o gosto musical do autor, o que ajuda mais pessoas com gostos semelhantes a se identificarem com o projeto.

mallu magalães

tiago iorc

tiê

emicida + vanessa da mata

banda do mar

5 a seco

cazuza

Curta mais de ilustração e de letras de música no Música Pavê

Shuffle

Quando Ilustrações encontram Letras de Música
O projeto Draw Me a Song tem sido destaque já há algum tempo, mas ele ainda nem começou de fato
Fotógrafo: Fabrício Vianna
O jovem de Sorocaba desistiu de uma carreira em marketing em uma multinacional para mergulhar de corpo e alma no trabalho com fotografia de música. Conheça mais de seu trabalho com este bate papo que fizemos com ele
A Arte de Kindness
O músico britânico Adam Bainbridge encomendou um trabalho gráfico para seu álbum World, You Need a Change of Mind feito com o mesmo capricho que seu ótimo som

Curtiu? Comente!

Comments are closed.

Sobre o site

Feito para quem não se contenta apenas em ouvir a música, mas quer também vê-la, aqui você vai encontrar análises sem preconceitos e com olhar crítico sobre o relacionamento das artes visuais com o mercado fonográfico. Aprenda, informe-se e, principalmente, divirta-se – é pra isso que o Música Pavê existe.