Marcelo Camelo divulga capa de seu novo disco

O músico carioca Marcelo Camelo divulgou a capa de seu segundo disco, Toque Dela.

A imagem traz um quadro do artista plástico Biel Carpenter, que Camelo explicou, através de um comunicado, ter conhecido ao navegar pela Internet. “Coloquei a imagem no meu computador e ela foi ganhando força e significado à medida em que aprontava o disco”, disse ele,  “depois o chamei para cuidar de toda parte gráfica do CD”.

A tela lembra o trabalho de Klimt na pose da personagem retratada, assim como nos detalhes de suas vestes e em sua expressão. Usando cores primárias, fundo domina o quadro com seu vermelho que encontra o amarelo, enquanto o azul claro chama a atenção como cabelo e maquiagem e no contraste com o fundo, com pinceladas que lembram Matisse.

Com lançamento nacional previsto para 5 de abril, o disco é o sucessor de Sou (2008). Gravado em parceria com a banda Hurtmold, o álbum aponta novas estéticas no som do músico que ficou conhecido por seu trabalho com os Los Hermanos. A canção Ô ô foi lançada no início do mês, com Camelo tocando guitarra, baixo e bateria e Marcelo Jeneci ao piano. Confira a nova música abaixo.

Marcelo Camelo – Ô ô

Shuffle

FNKU: Cultura Funk Para Compartilhamento
Conheça o projeto que reuniu 16 artistas para disseminar uma nova aproximação aos famigerados Bailes Funk em obras livres de royalties para você fazer o que quiser com elas
The Smiths versão Charlie Brown (ou vice-versa)
Projeto de designer norte-americana insere letras da banda britânica em tirinhas da série "Peanuts" e o resultado é a sinergia perfeita das essências melancólicas dos dois
Galeria: Onagra Claudique + João Capdeville
Com imagens da fotógrafa Carolina Vianna e colaborações do público no Instagram, veja como foi a segunda edição do evento Música Pavê Apresenta, em São Paulo

Curtiu? Comente!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Sobre o site

Feito para quem não se contenta apenas em ouvir a música, mas quer também vê-la, aqui você vai encontrar análises sem preconceitos e com olhar crítico sobre o relacionamento das artes visuais com o mercado fonográfico. Aprenda, informe-se e, principalmente, divirta-se – é pra isso que o Música Pavê existe.