Fotógrafo: Breno Galtier

mallu magalhães

Breno Galtier é super novinho, mas consegue trabalhar em imagens seu bom gosto por música e fotografia como quem já tem experiência há muito tempo. Com um portfólio ainda em construção, nem precisa sacar muito do assunto pra ter certeza que o brasiliense tem tudo pra voar bem alto.

Não sei dizer se é só uma questão de talento em fotografar. Fico com a impressão que ele é bom também em mergulhar no trabalho de outros fotógrafos pra encontrar elementos que pode incorporar à sua arte. O produto dessa conta é uma fotografia emotiva, com muito feeling, mas os pés no chão na hora de editar – e esse costuma ser o ponto de ebulição pra um artista encontrar de vez a si mesmo e seu estilo.

Veja um pouco de seu trabalho e o que ele nos contou sobre suas fotos e comprove o que eu digo.

mallu magalhães

tiago iorc

a banda mais bonita da cidade

vanguart

Música Pavê: Como começou sua história com a fotografia e como você “foi parar nos palcos”?

Breno Galtier: Comecei usando câmeras fotográficas de familiares, fotografando-os juntamente de amigos. No entanto, foi só quando finalmente eu ganhei a minha própria compacta que comecei a fotografar tudo que via pela frente, pesquisando cada vez mais sobre o assunto. Acabei, então, tornando-me um grande amante da fotografia.

Eu sempre estive muito ligado à música. Olhar os registros de shows das minhas bandas preferidas era a minha maior diversão. Isso me inspirava e me motivava bastante. No início de 2012, tive a oportunidade de participar do Workshop Próximo Clique com os fotógrafos Luringa e Gustavo Vara. Lá, eu aprendi bastante com os dois e percebi que essa era a área que eu deveria seguir para me sentir realizado profissionalmente. Comecei, então, a fotografar alguns shows por conta própria, da plateia mesmo, até conseguir melhores acessos.

MP: O que mais te interessa em fotografia de shows?

Breno: A variação de luzes, o movimento e a emoção que o artista transmite no palco é o que me interessa cada vez mais.

MP: Qual é a melhor maneira, para você, de registrar uma determinada música em imagem?

Breno: O sentimento que o artista passa no palco. O momento. A interação e a vibração que certa música transmite ao público, para mim, faz com que o registro de uma certa música se torne algo especial.

Por exemplo, essa imagem que fiz da Mallu Magalhães se tornou bastante especial pra mim. Nesse momento, ela estava cantando o seu hit Velha e Louca – música que tem a maior interação e vibração do público durante seus shows.

mallu magalhães

mallu magalhães

MP: Como você enxerga “seu estilo”?

Breno: Eu gosto bastante da fotografia analógica. As cores e a granulação me agradam bastante, então, eu procuro editar as minhas imagens nesse mesmo padrão. Talvez esse possa ser o meu estilo.

MP: O que você tem ouvido ultimamente?

Breno: Ultimamente eu tenho escutado bastante o novo disco do Wado. Estou encantado com a produção e participações que esse álbum recebeu.

fresno

o terno

marceo jeneci e laura lavieri

zeca baleiro

thiago pethit

Mais de Breno Galtier: Blog | Facebook

Curta mais do trabalho de fotógrafos no Música Pavê

Shuffle

Cinco Músicas Pop Impecáveis
De Jackson 5 a The Killers, selecionamos aquelas faixas que agradam público, crítica e engravatados das gravadoras ao nos darem mil motivos para ouvi-las no repeat
Galeria: #DecoraPave
Nós pedimos e o pessoal mandou fotos de suas salas, quartos e até do carro, tudo decorado com música, para lembrarmos o quanto nosso amor por essa arte nos cerca por todos os lados
Sofi Tukker - Best Friend
Apostando naquela pegada mais publicitária que já fez antes, dupla chega acompanhada de NERVO, The Knocks e Alisa Ueno para celebrar a boa vida ao lado dos amigos

Curtiu? Comente!

One Comment on “Fotógrafo: Breno Galtier

  1. Pingback: Paramore em SP: Como Foi? : Música Pavê

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Sobre o site

Feito para quem não se contenta apenas em ouvir a música, mas quer também vê-la, aqui você vai encontrar análises sem preconceitos e com olhar crítico sobre o relacionamento das artes visuais com o mercado fonográfico. Aprenda, informe-se e, principalmente, divirta-se – é pra isso que o Música Pavê existe.

Contato

fale@musicapave.com