“Ecos da Rua”, de Brunno Monteiro

Fugindo do convencional, Brunno Monteiro surpreende colocando como protagonista do seu primeiro trabalho o centro da “Cidade Maravilhosa”, e não o já “batido” Corcovado.  Ecos da Rua condensa fragmentos do Rio de Janeiro e Brunno conta um pouco de sua história e inspirações no vídeo Vem de vez.

“Não é que a cidade seja uma coisa inspiradora por si própria. A cidade é uma coisa linda, eu me inspiro vendo carros” ironiza Brunno durante o vídeo. Ele explica que sua inspiração vem das pessoas que frequentam o espaço. O cantor mostra a vida urbana a partir do ponto de vista de alguém sentado à mesa de um bar na Lapa.

Tudo isso é traduzido na capa do CD. Um collage com mais de 120 fotos tiradas no Centro do Rio de Janeiro compõe a arte, feita pela agência de criação Artaxo e inspirada no trabalho do artista plástico David Hockney, um dos propulsores da Pop Art britânica. O resultado é uma colcha de retalhos que mostra a fonte de inspiração do trabalho de Brunno Monteiro.

A apresentação de Ecos da Rua chama a atenção por ser extremamente simples, porém com uma criatividade impressionante. A impressão é que cada pedaço de foto colada tem uma história e um olhar diferente, como se cada nota que iremos escutar nas músicas do disco estivessem representadas na capa.

Com certeza, a obra fica completa quando damos play no CD. Já logo nas primeiras batidas da bateria de Vem de Vez, a vontade é de colocar um tênis e sair andando sem destino. Por outro lado, os primeiros acordes de Novo modo, faixa que fecha o álbum, anuncia que é o momento de voltar para casa e refletir sobre tudo o que vimos durante a caminhada.

Ecos da Rua já está disponível para download na Fan Page de Brunno. Se você quiser conhecer mais sobre o cantor, assista a Vem de vez. No vídeo, o cantor explica como decidiu começar a cantar e um pouco sobre sua música.

Shuffle

FNKU: Cultura Funk Para Compartilhamento
Conheça o projeto que reuniu 16 artistas para disseminar uma nova aproximação aos famigerados Bailes Funk em obras livres de royalties para você fazer o que quiser com elas
Mais Capas de Discos Feitas de Lego
Conheça um novo projeto que brinca de transformar as artes dos álbuns (desde os mais recentes àqueles pra lá de clássicos) em imagens "legoficadas"
"Nevermind" em Fotos Inéditas, 24 Anos Depois
Kirk Weddle, o artista que deu ao mundo a icônica capa de "Nevermind", revelou algumas imagens inéditas das duzentas que ele fez da banda para promover o álbum em 1991

Curtiu? Comente!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Sobre o site

Feito para quem não se contenta apenas em ouvir a música, mas quer também vê-la, aqui você vai encontrar análises sem preconceitos e com olhar crítico sobre o relacionamento das artes visuais com o mercado fonográfico. Aprenda, informe-se e, principalmente, divirta-se – é pra isso que o Música Pavê existe.

Contato

fale@musicapave.com