A identidade visual dos festivais de música

Identidade visual de festivais, Sasquatch! Music Festival, Treasure Island Music Festival

Se você é amante de boa música, provavelmente notou que 2013 foi um ano incrível para os festivais internacionais (os de verão, pra eles!); de Barcelona a Austin, milhões foram à loucura ao ver suas bandas favoritas ao vivo. Depois desses gloriosos momentos e das melodias cantadas com o resto da multidão, aposto que foi difícil resistir dar uma paradinha na loja oficial do evento para ver como gastar aquele dinheiro extra que sobrou das cervejas, certo? Impossível imaginar alguém que não goste de merchandising oficial de bandas ou música em geral!

Naquele mar de camisetas coloridas, álbuns, bolsas e pôsteres, impossível não notar também que é tudo um pouco parecido, de certa maneira. Algumas bandas usam seus próprios desenhos (e alguns são muito talentosos!) em seus produtos, mas a maioria da identidade visual de projetos musicais são feitos por ilustradores e designers contratados por diretores de arte de agências de marketing. Eles utilizam cores, tipografias e seus desenhos originais para criar uma personalidade única para a banda ou seu álbum específico. Os festivais também entraram nessa onda, como demonstram os americanos Sasquatch! e Treasure Island Music Festival e suas ilustrações que esbanjam personalidade.

## Identidade visual de festivais e a Coachella Boutique
Ultimamente, os festivais de música vem lidando com sua identidade visual cada vez com mais cuidado e força, o que os torna cada vez mais interessante de uma perspectiva de marketing. Este ano o diretor criativo do Primavera Sound, o português André Cruz criou ilustrações modulares e metamórficas a partir de blocos triangulares, para representar a diversidade dos visitantes do festival e ecletismo das bandas que ali se apresentariam.

Identidade visual de festivais, Primavera Sound 2013
Identidade visual de festivais, Primavera Sound 2013

Pensar como melhorar a loja oficial do evento também pode fazer uma grande diferença em como os visitantes se relacionam com a ‘marca’ do festival. Um bom exemplo é o trabalho do diretor de arte Edoardo Chavarin – juntamente com sua equipe de designers e colaboradores – para a Coachella Boutique 2013: um espaço dedicado a edições limitadas de merchadising de artistas, bandas e marcas como a fotográfica Lomography.

Camisa oficial do Coachella Festival 2013, Coachella 2013, merchandising oficial
Loja oficial do Coachella Festival 2013, Coachella 2013, merchandising oficial, camera Lomography

Se você teve a oportunidade de passar por lá, viu um monte de camisetas all over print (aquelas 100% impressas, que parecem estar na moda) e mais ainda de serigrafiadas. A organização do evento montou um ateliê da técnica de impressão para que os visitantes pudessem imprimir suas camisetas personalizadas ao vivo, escolhendo as telas que queriam, cores e ordem de sobreposição. Não deixa de ser um atrativo a mais no meio de tanta coisa bonita, uma idéia bem bacana e bem pensada.

Loja oficial do Coachella Festival 2013, Coachella 2013, merchandising oficial
Loja oficial do Coachella Festival 2013, Coachella 2013, merchandising oficial, serigrafia
Loja oficial do Coachella Festival 2013, Coachella 2013, merchandising oficial

## Merchandising de bandas
O material oficial de divulgação de bandas segue o mesmo conceito, utilizando camisetas impressas com serigrafia para vender nos shows ou em suas lojas online. É difícil encontrar uma banda que não tenha camisetas, moletons, bolsas ecológicas ou até mesmo pôsteres! Além de ser o modo mais barato de produzir em grandes quantidades, a serigrafia também é técnica de impressão têxtil que tem o melhor acabamento e longevidade. Escolher um produto com bom material também é importantíssimo, afinal ninguém quer ver as lembranças daquele festival rasgadas ou furadas antes do esperado.

Separei aqui alguns exemplos de merchandising oficial de bandas indie como Vampire Weekend, MGMT, Local Natives e os australianos do Tonight Alive:

Merchandising do Vampire Weekend, merchandising de bandas, camiseta de bandas, camiseta de música
MGMT, Local Natives, Tonight Alive, merchandising de bandas, camiseta de bandas, camiseta de música

A estas alturas, estarei atenta a duas coisas para os próximos festivais: que os lineups sejam matadores num festival perto de onde moro e que as agências não parem de explorar opções quando o assunto é branding. Como fãs de design, música e produtos oficiais, a gente agradece, não é mesmo?

Nota: Artigo originalmente publicado no blog da agência de impressão de camisetas inglesa Printsome.

Shuffle

Daniel Johns: Reinvenção para Carreira Solo
Conhecido por seu trabalho a frente do trio Silverchair, músico trabalhou com o mesmo produtor que fez Lorde estourar com "Royals", atitude não tão bem vista pelos fãs da banda
2016 Resumido pelos Músicos
Chegou a hora de descobrir quem que os artistas que escutamos mais ouviram durante o ano, assim como eles enxergam a relevância desses discos
David Byrne - Everybody's Coming To My House
Mais uma grande música do renomado artista ganha vídeo, agora uma animação que se propõe ilustrar o conteúdo sobre solidão presente na letra de maneira singela e fria

Curtiu? Comente!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Sobre o site

Feito para quem não se contenta apenas em ouvir a música, mas quer também vê-la, aqui você vai encontrar análises sem preconceitos e com olhar crítico sobre o relacionamento das artes visuais com o mercado fonográfico. Aprenda, informe-se e, principalmente, divirta-se – é pra isso que o Música Pavê existe.

Contato

fale@musicapave.com