Tiny Desk Concerts: St. Vincent

Sempre impecável em seus trabalhos, Annie Clark – como St. Vincent – nos mostra ainda mais seu talento ao se desprender de seu conteúdo de estúdio. Em uma belíssima apresentação no famigerado escritório que bate carteirinha aqui com a série Tiny Desk Concerts, ela faz um grandioso acústico, em voz e violão, para três faixas de seu último registro.

A sensibilidade presente no registro, com piano, batida e violino, como em New York, ganha nova cara, porém mantendo a mesma boa característica já citada, cumprindo com êxito seu papel mesmo sem tudo o que a artista tinha disponível em estúdio.

Deve despertar a curiosidade do leitor ao ver que Los Ageless, faixa que carrega uma alta carga pop, está aqui em formato acústico. Pra quem prefere algo mais orgânico, é um prato cheio, nos fazendo enxergar outros estilos longe da camada melódica original, evidenciando o talento da artista ao personificar uma faixa sem o instrumental completo.

O mesmo pode-se dizer da faixa que encerra o Ao Vivo, Slow Disco, se tornando tão bela quanto a original tem outra roupagem, sutil e mais acolhedora aos ouvidos, ressaltando a competência de Clark como musicista, para enfeitar essa semana que se inicia.-

Curta mais de St. Vincent e da série Tiny Desk Concerts

Shuffle

St. Vincent - Cheerleader
A cantora é colocada à exposição neste clipe dirigido por Hiro Murai e levanta algumas questões sobre a arte. Mas, acima de tudo, é uma ótima produção que sabe cativar o espectador em uma tensão crescente até o final apoteótico
Vinicius Calderoni no Ao Vivo no Casarão
Um dos músicos da 5 a Seco é o convidado da estreia do projeto, que traz conversas e performances no belo cenário de uma antiga casa em um tradicional bairro paulistano
Courtney Barnett nos Tiny Desk Concerts
A australiana contadora de histórias tão sinceras se apresentou para a rádio norte-americana e encantou a todos com seu bom humor e sua musicalidade com a guitarra

Curtiu? Comente!

Comments are closed.

Sobre o site

Feito para quem não se contenta apenas em ouvir a música, mas quer também vê-la, aqui você vai encontrar análises sem preconceitos e com olhar crítico sobre o relacionamento das artes visuais com o mercado fonográfico. Aprenda, informe-se e, principalmente, divirta-se – é pra isso que o Música Pavê existe.

Contato

fale@musicapave.com