Alt-J (∆) nos Tiny Desk Concerts

Um dos discos mais interessantes do ano foi An Awesome Wave, da banda inglesa Alt-J (∆), com suas várias texturas sonoras em uma ambientação muito contemporânea. Por isso, é sempre interessante quando nos deparamos com uma apresentação ao vivo da banda, principalmente uma tão reduzida quanto essa dos Tiny Desk Concerts.

Toda a potência do som do disco é minimizada nesta apresentação, mas não sua beleza. Pelo contrário, TessellateSomething Good e até a insossa Matilda ficaram deslumbrantes ali no ambiente apertado do canto do escritório. Os olhos fechados do vocalista revelam tudo.

O único porém é que elas talvez soem menos interessantes para quem ainda não conhece suas versões originais. Ao mesmo tempo, fica aí o incentivo para correr atrás delas.

Curta mais de Alt-J (∆) e dos Tiny Desk Concerts no Música Pavê

Shuffle

Péricles no Studio 62

O ex-vocalista do Exaltasamba, agora em carreira solo, entregou para as lentes da série uma belíssima versão voz-e-violão de um dos primeiros sucessos do grupo de pagode

The xx no Tiny Desk Concerts

Com apenas baixo e guitarra, a banda britânica apresentou duas músicas de seu segundo trabalho, "Coexist" (2012), no escritório da rádio norte-americana NPR com muita beleza e introspecção

Barzin na Videoteca Bodyspace

Em passagem por Portugal, o músico canadense mostrou uma composição de seu álbum de estreia, lançado em 2006, em vídeo gravado nas primeiras horas da manhã

Curtiu? Comente!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Clipes por estilo

Sobre o site

Feito para quem não se contenta apenas em ouvir a música, mas quer também vê-la, aqui você vai encontrar análises sem preconceitos e com olhar crítico sobre o relacionamento das artes visuais com o mercado fonográfico. Aprenda, informe-se e, principalmente, divirta-se – é pra isso que o Música Pavê existe.