Alt-J (∆) nos Tiny Desk Concerts

Um dos discos mais interessantes do ano foi An Awesome Wave, da banda inglesa Alt-J (∆), com suas várias texturas sonoras em uma ambientação muito contemporânea. Por isso, é sempre interessante quando nos deparamos com uma apresentação ao vivo da banda, principalmente uma tão reduzida quanto essa dos Tiny Desk Concerts.

Toda a potência do som do disco é minimizada nesta apresentação, mas não sua beleza. Pelo contrário, TessellateSomething Good e até a insossa Matilda ficaram deslumbrantes ali no ambiente apertado do canto do escritório. Os olhos fechados do vocalista revelam tudo.

O único porém é que elas talvez soem menos interessantes para quem ainda não conhece suas versões originais. Ao mesmo tempo, fica aí o incentivo para correr atrás delas.

Curta mais de Alt-J (∆) e dos Tiny Desk Concerts no Música Pavê

Shuffle

Vivendo do Ócio no TMDQA! Apresenta

Chegou a vez do quarteto de Salvador passar pelo estúdio de paredes avermelhadas em sessão cheia de energia promovida pelo Tenho Mais Discos que Amigos

Courtney Barnett no The Line of Best Fit

Em voz e guitarra elétrica, a cantora não se esconde por trás do escudo do instrumento e revela sem medo suas confissões em versos sinceros e performance desencanada

La Blogothèque: Mallu, L. Santtana e R. Castro

Seguindo sua série gravada no país da Copa, o site francês mostrou os três músicos pela noite paulistana, cada vídeo gravado em um local com uma atmosfera própria

Curtiu? Comente!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Clipes por estilo

Sobre o site

Feito para quem não se contenta apenas em ouvir a música, mas quer também vê-la, aqui você vai encontrar análises sem preconceitos e com olhar crítico sobre o relacionamento das artes visuais com o mercado fonográfico. Aprenda, informe-se e, principalmente, divirta-se – é pra isso que o Música Pavê existe.